29 de outubro de 2017

Permanentemente Ligada A Você

Sabe quando você escuta uma música e todas as palavras refletem o que você está sentindo? Pois então. A música “Bound To You”, da cantora canadense Jocelyn Alice, virou uma das minhas favoritas nos últimos meses por este exato motivo. Mais do que me expressar, ela me representa.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Gostar de alguém é uma tarefa complicada para mim, porque eu não sei gostar pela metade. Eu gosto por inteiro, eu pulo de cabeça, eu me entrego, eu dedico toda a minha energia, eu fico totalmente envolvida. O grande desafio é deixar o sentimento ir embora quando o interesse não é de duas vias. Em alguns casos, alguém mais interesse aparece em cena e tudo se resolve naturalmente. Já em outros, o coração parece congelar no tempo e não há santo que consiga apagar o que ficou guardado lá dentro.

Permanentemente Ligada A Você

A minha última experiência romântica foi intensa. Tão intensa que, mesmo depois de anos, eu ainda sinto exatamente o mesmo. Não sei o que ele tinha de tão especial, mas, por algum motivo, parecia ser alguém por quem eu deveria lutar. Eu tentei do jeito que eu pude. Em vão, confesso, mas lutei. E quando chegou a hora de seguir em frente, eu estagnei. A minha razão me disse para deixar aquela história no passado, mas o coração ficou lá… Esperando. O coração continua esperando.

Last time you came around, my hair was chocolate brown
Guess it’s been that long
Tried moving on, never make it past the front lawn
Guess I’m not that strong

I should have fallen out of love with you by now
But I’ve got part, I’ve got a piece
I’ve got a heart permanently bound to you
Should have forgotten what I felt for you by now
But I got a part, part of me that’s permanently bound to you

I could have walked away
Strong, independently, but I’m in too deep
You were my only vice, but left to my own devices
Guess I’m just too weak

I should have fallen out of love with you by now
But I’ve got part, I’ve got a piece
I’ve got a heart permanently bound to you
Should have forgotten what I felt for you by now
But I got a part, part of me that’s permanently bound to you

I should have fallen out of love with you by now
But my heart is bound, bound

Eu sei quando desistir de alguém, mas desta vez está sendo mais demorado do que eu imaginei. Não é um sentimento que me causa dor — de forma alguma, inclusive — mas ele continua intacto e não parece querer ir embora. Eu imaginei que, devido às circunstâncias, eu já estaria em outra fase, livre e pronta para a próxima, mas ninguém mais mexeu comigo daquele jeito. Confesso que não estou procurando qualquer tipo de romance no momento, mas seria bom estar com o coração vazio e aberto para a próxima aventura… Aberto ele está, mas não vazio.

Eu sei que é uma questão de tempo e de deixar a vida acontecer, mas eu sinto que tem alguma coisa me prendendo a tudo o que aconteceu na época e que ainda me mantém alerta. Não sei explicar porque eu achei que daria tão certo, considerando dois indivíduos tão diferentes, mas ele tinha de sobra o que faltava em mim e isso me confortava. Eu sei que fazíamos bem um ao outro, do nosso jeito, e que havia algum tipo de confiança mútua subtendida em cada conversa. E, sim, eu sinto falta de ter ele por perto.

Permanentemente Ligada A Você

No entanto, está na hora da fila andar. Está na hora de desapegar, de se desapaixonar. Porém, diferente do que seria bastante conveniente, não podemos controlar o que o coração sente. Não adianta forçar ou fingir que tudo mudou quando o disco continua tocando a mesma música em loop, por dias, semanas ou meses. Eu vou esperar, porque eu sei que isso vai passar.

A história vai mudar, vai melhorar. Meu coração vai encontrar um outro motivo para sorrir, cedo ou tarde. Enquanto isso, eu vou tentar enjoar de ouvir “Bound To You” — eu duvido, porque esta música é viciante — e esquecer que ele ainda é a causa dos meus frios na barriga e batimentos acelerados.

Gostou deste post?
(1)
Comente Este Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 comentários em "Permanentemente Ligada A Você"
  • oii!

    com certeza as coisas irão melhorar pra ti, Fê! pode demorar, mas tu ainda será incrivelmente feliz no amor. anota aí! prefiro pensar que são só fases, sabe?! umas passam rápidas, outras não… mas, no fim, vem a vitória, a alegria, enfim, a conquista. #oremos

    gostar de alguém que já não se importa com o nosso sentimento é triste e doloroso, mas também é uma forma de autoconhecimento. com a rejeição, a gente vai se tornando mais forte, menos dependente e segue o baile.

    que venha a fase em que seremos felizes por completo, em todos os setores da vida. ;)
    bjs!

  • Sei bem como é a sensação! Mas o que importa é que você mesma reconhece que esse ciclo precisa fechar… isso ajuda muito na recuperação! Eu sei como pode estar sendo difícil pra ti, mas tudo é aprendizado… força menina!

  • Só de você saber que a fila tem que andar já é meio caminho! E mais cedo ou mais tarde ela acaba andando…
    E a música é ótima mesmo!