1 de janeiro de 2021

Retrospectiva de Dois Mil e Vinte

Tempo de Leitura: 3 min

Como sempre, eu gosto de refletir sobre os planos e conquistas do ano e analisar o saldo final. Por mais que tenha sido um período caótico para muitos de nós, o meu 2020 não foi um ano tão ruim assim. Claro, poderia ter sido melhor, não vou negar, mas foi um ano de boas perspectivas para mim.

Eu não sou uma pessoa que precisa de muito para me sentir feliz. Eu passo bastante tempo sozinha, em casa, e consigo enxergar alegrias nas pequenas coisas da vida, como acordar cedo pela manhã e tomar um café fresquinho olhando o sol batendo pela janela. Eu também gosto de sair para caminhar na rua, olhar as coisas ao meu redor, e me sentir grata por estar vivendo. Só isto, vivendo.

Este ano, mesmo longe fisicamente, eu tive alguém ao meu lado, rindo comigo e compartilhando novas experiências. Isso, por si só, já é algo maravilhoso. Saber que existe alguém que pensa na gente o tempo todo e quer a nossa felicidade, acima de tudo. Principalmente quando esse alguém é uma pessoa que encaixa tão bem contigo, te faz bem e deseja as mesmas coisas para a vida.

Como muitos sabem, minha vida é regada de muita música, séries e filmes, livros e artistas. Mesmo não tendo ido a nenhum show este ano (foram todos cancelados ou remarcados para o ano que vem), eu tive algumas boas notícias ao longo do ano. O lançamento do novo álbum do Kenshi Yonezu, STRAY SHEEP, foi uma delas. A descoberta do grupo de pop/hip-hop coreano MONSTA X foi outra. Para somar a esta lista, vou mencionar também o meu querido Lee Seung Gi, ator e cantor coreano, que é um ser humano lindo e incrivelmente talentoso. Por mais que sejam coisas mais superficiais, são alegrias para mim. E este ano foi um ano bom nesse sentido também.

Coisas boas de 2020: "STRAY SHEEP" do Kenshi Yonezu, MONSTA X e Lee Seung Gi

Outra coisa bem legal para mim este ano foi poder cuidar um pouco mais da minha casa, já que eu passei tanto tempo aqui, sozinha. Eu redecorei o meu banheiro (e pretendo postar fotos e falar da reforminha aqui em breve, eu prometo), comprei alguns móveis novos e investi em alguns itens de decoração para deixar o apartamento mais organizado e aconchegante. Eu sou apaixonada por decorar e planejar ambientes, então é bem gratificante receber pessoas aqui em casa e também elogios da minha decoração.

Em termos profissionais e relacionados à carreira, o tiro saiu pela culatra, mas nada muito problemático. Ano que vem, eu acerto os ponteiros e não tenho porquê me preocupar agora. Está tudo sob controle. Afinal de contas, eu sei a profissional qualificada e dedicada que eu sou e sei que as oportunidades vêm quando a gente mostra trabalho. Em 2021, isso não vai ser diferente.

E acho que o mais importante, no final das contas, é saber que meus familiares e amigos estão bem e com saúde, mesmo longe, e que esta pandemia não me trouxe nenhuma notícia triste em 2020. Pelo Twitter, eu fiquei sabendo de alguns conhecidos que perderam entes queridos e isso é sempre muito triste. Eu desejo luz e força para estas pessoas. Também desejo muita saúde para todos nós. Nós vamos sair dessa.

Por fim, gostaria de agradecer aos amigos que se fizeram presentes e aos amigos que não deram as caras, mas lembraram de mim em seus corações. Morando longe agora, eu entendo que é bem difícil se manter presente na vida de todas as pessoas que temos carinho, ainda mais na vida adulta, quando cada um tem um percurso diferente. Aos poucos que estiveram presentes, o meu “muito obrigada” e o desejo de um lindo ano novo, do fundo do meu coração. Vocês são maravilhosos!

Agora que o ano terminou, vamos buscar novos sonhos e planos para realizar nos próximos meses. Um Feliz Ano Novo a todos vocês, cheio de alegria, paz e muita saúde. Que 2021 seja espetacular!

Gostou deste post?
(1)
Comente Este Post

Deixe uma resposta para Adriel Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 comentários em "Retrospectiva de Dois Mil e Vinte"
  • oiê!

    apesar dos pesares, não vi 2020 como um ano ruim. conquistei muita coisa, aprendi outras mil e estou aqui firme e forte no batente. acho que, no fim, a gnt tem que focar na positividade e nas coisas boas. isso é o que basta.

    fiquei muito feliz quando soube que alguém anda com o coraçãozinho feliz. tão bom ter a tampa da penela, né? hauahuaaua.

    que o seu 2021 seja incrível! feliz ano novo! <3

    • Oi, Adriel! Sim, para mim foi o mesmo. Apesar da loucura da pandemia, não foi um ano ruim. Acho que pensar positivo e concentrar as energias nas coisas boas que estão por vir faz bastante diferença e nos mantém sãos. Que 2021 seja um ano de conquistas ainda maiores e muita alegria! Beijo e boa semana! =*