php echo do_shortcode('[contact-form-7 id="19674" title="newsletter-signup"]');
-->
9 de julho de 2018

Relendo “Remember Me?”, meu livro favorito

Faz algum tempo que eu quero reler alguns dos meus livros favoritos de todos os tempos, mas eu sempre acabo dando preferência para os novos títulos que pousam na minha estante. No início deste ano, mesmo tendo dado uma segurada na minha maratona literária, eu prometi que ia ler pelo menos três dos meus livros prediletos novamente… Eu comecei pelo meu favorito da vida, "Remember Me?", da autora britânica Sophie Kinsella, que eu li em 2009 pela primeira (e única) vez.

Relendo "Remember Me?", da Sophie Kinsella

Eu admito que eu fiquei com um pouco de medo de ler o livro agora e me dar conta de que ele não é tão bom quanto eu achei nove anos atrás e ser obrigada a intitular um novo favorito da vida depois de tantos anos. Pensei que eu poderia ter gostado tanto dele na época porque algo em minha vida me fez me criar uma ligação especial com a história e aquilo fez sentido em relação ao momento que eu estava vivendo. Mas logo no início da leitura, eu relembrei porque eu sempre devoro os livros dessa autora e porque eles têm um cantinho especial no meu coração... A escrita dela é simples, descontraída e te mantém envolvido do início ao fim.

“Remember Me?” — ou “Lembra de Mim?”, título em português — narra os acontecimentos na vida de Lexi Smart que, após sofrer um acidente de carro, acorda com amnésia e sem memória dos últimos três anos de sua vida. No começo, tudo parece um sonho: ela agora é diretora do departamento em que trabalhava, está casada com um homem bem acima da sua liga e o seu visual recebeu um belo de um upgrade. No entanto, enquanto ela faz tudo o que pode para se adaptar à sua nova vida e entender como chegou até ali, ela começa a perceber que a Lexi Smart de vinte e oito anos não tem nada em comum com a Lexi de três anos atrás. Aos poucos, ela tenta resgatar quem ela era antes do acidente, mas acaba descobrindo que não tem como voltar atrás em todos os aspectos da sua vida...

Relendo "Remember Me?", da Sophie Kinsella
Perto do final do livro, você descobre porque a capa é um girassol... E é tão lindo!

O que fez eu me apaixonar por este livro foi a descoberta de um relacionamento com alguém que aparece na vida dela meio sem querer... Ou pelo contrário. É muito gostoso testemunhar os sinais que o corpo dela envia, dizendo que este alguém é muito especial para ela, mesmo quando ela não tem lembrança alguma de conhecer essa pessoa. E mais do que isso… Por mais que ela tente dizer para si mesma que a vida dela é perfeita do jeito que está agora, tudo parece fazer mais sentido quando ela está ao lado dessa pessoa. Afinal de contas, o coração tem vontade própria, né? E ela aprende isso na marra.

Em resumo, eu me apaixonei novamente pela história e continuo desejando que esse livro vire filme. Se o livro já me causa frios na barriga, imagina ver algumas das cenas na telinha. Inclusive, os frios na barriga são indicativos de que o livro (ou filme) em questão se tornará um dos meus favoritos. Quando a história consegue me proporcionar esse tipo de sentimento (uma mistura de excitação, medo e urgência em ver o que vem pela frente), eu tiro o chapéu para quem escreveu a trama… Outro indicativo muito relevante para mim é quando eu sinto um nó na garganta por ansiedade ou angústia, que geralmente acompanhado de lágrimas. E esse livro me causa tudo isso.

Ou seja, ele continua sendo o meu livro favorito da vida, porque ele tem tudo o que eu procuro nas minhas leituras. Eu costumo ler bastante literatura feminina — ou chick lit — justamente por isso, porque eu gosto dessa mistura de comédia com romance, sem o drama e o peso dos problemas do mundo real — um dos motivos pelo qual eu não gosto de ler histórias que se passam em guerras ou têm situações delicadas. A Sophie Kinsella escreve livros do mesmo estilo que eu quero escrever… Histórias leves, divertidas e que te fazem acreditar no melhor. Você termina de ler o livro e sorri, porque a história toca o seu coração de uma forma gostosa. É o meu objetivo de vida como autora.

Relendo "Remember Me?", da Sophie Kinsella
Sophie Kinsella, autora de "Remember Me?" e "Can You Keep a Secret?"

Fonte: Random House

O próximo livro favorito que vou ler também é da Sophie Kinsella e se chama “Can You Keep a Secret?”. Eu reservei semana passada na biblioteca pública e busquei hoje. Devo começar a ler no final desta semana, porque antes quero terminar de ler o que estou lendo agora... Depois desse, e o terceiro da minha lista de favoritos, vai ser o meu querido “Something Borrowed”, da autora Emily Giffin.

Eu estou tentando sair da minha bolha de literatura feminina e ler outros estilos literários, já que tem tantos autores ótimos por aí, mas meu coração sempre me traz de volta para os meus xodozinhos de chick lit… São livros mais “bobinhos”, como eu costumo dizer, mas que me fazem sorrir de orelha a orelha e deixam meu coração quentinho. Mas me contem, quais são os favoritos de vocês? Quero saber tudinho.

[gs_lp_like_post]
Comente Este Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *