31 de março de 2021

Mais Saudável e com Quinze Quilos a Menos

Tempo de Leitura: 4 min

Uma das minhas metas de 2019 era voltar com as atividades físicas para conseguir emagrecer e retornar ao meu peso ideal. Desde 2016, com a minha vinda para Toronto, a minha vida se tornou bem mais corrida e bastante instável em termos de horários, hábitos, refeições e rotina. Em 2017, somando estresses e picos de ansiedade, o ponteiro da balança começou a subir, subir, subir e não parou mais.

Em retrospecto, eu já falei várias vezes sobre o meu peso aqui no blog e sobre as minhas “operações” para conseguir emagrecer. Em 2012, eu falei sobre a Operação Menos Dez, quando eu estava pesando cerca de 70kg. Em 2016, eu comentei de novo sobre o meu peso e anunciei a Operação Menos 15, depois de chegar na marca dos 78kg. Resumo do resumo: eu já estou insatisfeita com o meu peso há vários anos, mas agora eu resolvi fazer alguma coisa para mudar isso de vez.

Em 2019, eu bati um novo recorde de peso, chegando a passar dos 85kg. Com os meus meros 1,68m de altura, isso significa estar cerca de 20kg acima do peso recomendado. Não foram meses alegres para mim, mas eu tinha muita coisa na cabeça para me preocupar com a minha aparência e acabei postergando o inevitável: comer menos e fazer exercícios regularmente.

Antes de embarcar de férias para o Brasil em dezembro do ano passado, eu comecei a cuidar um pouco mais da minha alimentação, comendo de forma mais saudável e também diminuindo as quantidades. Em janeiro, depois de conversar sobre o assunto com minha irmã, eu decidi testar o tal do jejum intermitente, um plano alimentar que permite que você coma apenas em certos intervalos de tempo e não consuma nenhum alimento (além de água, café ou chá sem açúcar) no restante do dia.

No início, eu achei bem complicado seguir à risca os intervalos de alimentação e jejum, porque eu estava acostumada a tomar cafá da manhã bem cedinho e jantar ou fazer um lanche no final da noite. De acordo com este plano alimentar, você tem uma janela de 8h para comer à vontade e, nas outras 16h do dia, você não pode ingerir nenhuma caloria — em algumas variações do jejum, o intervalo de alimentação pode ser ainda menor. Eu segui fazendo o jejum intermitente por algum tempo, mas acabei relapsando em algumas semanas e desistindo na metade do caminho.

Pela metade de abril, já com 3kg a menos desde dezembro de 2019, eu resolvi tentar o jejum novamente, desta vez com um pouco mais de dedicação. Honestamente, teve dias que eu fiquei com bastante fome, a ponto de doer a barriga e sentir dor de cabeça, mas eu insisti.

Depois de três meses seguindo o jejum religiosamente e alguns quilos perdidos, eu comecei a me permitir mais flexibilidade em relação aos horários das refeições e ao que estava comendo. Eu não cheguei a cortar nenhum alimento do meu cardápio (eu continuei consumindo pão, massas, arroz branco e refrigerante, por exemplo), mas procurei evitar os doces, produtos industrializados e o açúcar refinado.

Em três meses, eu já tinha conseguido eliminar mais de 5kg. Não foi fácil ficar trancada em casa, por conta da pandemia, e não me empanturrar de comida, mas eu aguentei forte. Quando eu cheguei no sexto mês seguindo o plano, o ponteiro já estava marcando cerca de 9kg a menos.

Conforme os meses foram passando e o ponteiro descendo, eu fiquei mais animada em seguir em frente. É muito gostoso olhar no espelho e enxergar o mesmo corpo que eu não via há pelo menos cinco ou seis anos. Agora eu me sinto mais confortável comigo mesma, porque sei que estou mais perto de chegar na minha meta. Atualmente, eu estou pesando 69kg, mas esse ponteiro ainda vai baixar mais.

Pelos meus cálculos, eu ainda vou levar uns seis meses para chegar no peso que eu desejo, que era o que eu pesava por volta de 2013 — algo entre os 60 e 63kg. Além da alimentação, eu também estou investindo em exercícios físicos regulares (caminhadas, ginástica localizada e aulas de aeróbica online) e assim que a pandemia permitir que eu retorne à musculação, vai ficar ainda mais fácil seguir o plano.

O que eu posso dizer é que eu estou orgulhosa por estar aqui, escrevendo este post vários meses depois de ter estipulado que eu precisava começar a emagrecer — e hoje estou 15kg mais magra. Apesar do ano problemático que tivemos, essa foi a minha maior conquista. Estou mais saudável, mais leve e entrando em forma novamente.

Mais para a frente, eu vou falar um pouquinho mais sobre o meu processo com o jejum intermitente e a minha reeducação alimentar durante esse período, para quem tiver interesse em tentar esse plano de alimentação também. Sinta-se à vontade para me questionar e tirar dúvidas nos comentários.

Quando eu chegar na meta final, vai ter post comemorativo com certeza. Me aguardem. :cute:

Gostou deste post?
(0)
Comente Este Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 comentários em "Mais Saudável e com Quinze Quilos a Menos"
  • oiie.

    esse teu post foi tão inspirador q antes mesmo de vir comentar aqui, fui pro youtube caçar videos de ginástica localizada pra fazer mais tarde, quando chegar em casa. tá decidido: tbm voltarei ao foco!!! #oremossss

    diferente de ti, eu preciso perder uns 30 kgs. engordei demais de 2019 pra cá. perdi o foco e a pandemia só piorou a coisa.

    quando puder, faz mesmo um post falando sobre o jejum intermitente. vejo muitas amigas fazendo, mas eu tenho medo de desmaiar, sei lá. quando fico com fome, fico tonto, fraco, minha glicose cai....

    parabéns pelo esforço e q venham mais conquistas!

    bj!

    • Oi, Adriel. Que bom que este post serviu de inspiração para ti. Eu ainda continuo focada aqui, porque eu quero emagrecer mais... Os quinze quilos que se foram eram apenas a primeira etapa do plano. Eu ainda quero perder mais uns 10kg, para ser honesta. Mas o que eu aprendi é que emagrecer leva tempo e paciência. Então, seguimos focados e bombando nas ginásticas online, hein? E, sim, eu pretendo falar sobre jejum intermitente aqui no blog assim que der um tempinho para escrever um post mais completinho. Beijo e bom restinho de semana! <3

  • Bom dia Fer. Tudo bem? Emagrecer realmente exige compromisso. Estou feliz pela sua conquista! Parabéns! Não deve ter sido fácil. Meu marido e eu estamos nessa há um tempo, mas dividir a casa com outras pessoas da família não facilita. Atulamente estou tentando não me preocupar com o peso, mas em estabelecer o mínimo de uma rotina saudável. Vamos ver onde isso nos leva. Super beijo!