10 de março de 2021

Lee Seung Gi, da Coréia do Sul para o Meu Coração

Tempo de Leitura: 5 min

Dois mil e dezenove foi o ano que eu virei a chave para filmes e séries asiáticas. Depois de mais de dez anos assistindo apenas programas em inglês, a minha watchlist deu uma repaginada e tanto. Tenho zero arrependimentos. Nesta mesma época, eu elegi Vagabond como a melhor série do ano, superando até The 100, Supernatural e Arrow, que tinham sido as minhas favoritas já por um bom tempo.

Fonte: Fanpop

Vagabond, além de ter me entretido por algumas semanas, a série ainda me trouxe uma outra surpresa: o ator coreano Lee Seung Gi (a pronúncia do nome dele é "i-sun-gui"), embrulhadinho para presente e com um laço vermelho no topo. Além das excelentes habilidades de atuação, foi fuçando no YouTube que eu descobri que grande parte das cenas de ação para esta série foram feitas por ele mesmo, sem o uso de dublês. Uma primeira impressão de impacto, digamos assim. Assistindo outros vídeos sobre a série, eu fui conhecendo mais a personalidade dele e curtindo o jeito brincalhão e ao mesmo tempo doce que ele tem. Em resumo, ele é um amorzinho.

Em seguida, eu me deparei com o programa de viagens Twogether, que ele gravou com o ator taiwanês Jasper Liu, e que devorei em poucos dias. Neste programa, os dois atores viajam por países asiáticos para conhecer locais inusitados indicados pelas suas fãs. A graça de assistir esta série é que eles não falam a mesma língua, então grande parte das conversas entre os dois são em inglês, misturadas com mímicas, expressões faciais e palavras soltas em coreano ou mandarim. É garantia de muitas risadas e de cenários maravilhosos, principalmente na Indonésia e Tailândia. Depois de Twogether, que eu recomendo com todas as minhas forças, eu entrei num buraco negro de programas de variedade coreanos e nunca mais saí. Por favor, não me salvem. Hahaha.

Depois de postar inúmeras coisas sobre o Seung Gi no Twitter, uma fã do ator me recomendou assistir o programa Master In The House, em que os quatro apresentadores (Lee Seung Gi, Yang Se Hyeong, Lee Sang Yun e Yook Sung Jae) passam dois dias na casa de celebridades coreanas e vivem de acordo com o estilo de vida dessa pessoa. Foi ali que o Seung Gi passou de um simples ator coreano que eu conhecia de séries para um dos musos da minha vida — juntinho com os eternos donos do meu coração, Zachary Levi e Evan Taubenfeld. Bem-vindo ao clube, Seung-gi-ah.

Fonte: Everything Lee Seung Gi

Vendo o jeito dele e conhecendo melhor o tipo de pessoa que ele é, eu passei a respeitar ainda mais o trabalho dele e a sua postura como profissional da indústria de entretenimento coreana. Não é à toa que ele é uma das celebridades mais reconhecidas e queridas do país. Na verdade, o Seung Gi iniciou a sua carreira como cantor, por volta de 2004, e mais tarde é que ele migrou para as telinhas, atuando em séries, filmes e diversos programas de variedade — que, na minha opinião, é onde ele mais brilha.

Depois de assistir vários programas com ele, eu posso garantir que ele é a celebridade coreana que eu mais admiro. A lista de séries que eu ainda quero assistir é grande e inclui títulos como Brilliant Legacy (2010), Gu Family Book (2013) e You're All Surrounded (2014), todas com o Seung Gi como ator principal. Além das séries, eu também assisti os dois filmes em que ele atuou, “Love Forecast” (2015) e “The Princess and the Matchmaker” (2018). Na verdade, eu já assisti a maioria dos programas e séries mais recentes dele, então agora eu estou voltando no tempo e assistindo a filmografia mais antiga.

Fonte: Channel Korea

Semana passada, a nova série do ator estreou na televisão e promete ser muito boa também. Mouse é um thriller policial, que mistura suspense e mistério. A emissora (tvN) já liberou dois episódios até agora, mas a trama ainda está se desenvolvendo e não dá para prever o que acontecerá no decorrer da história. O que eu posso dizer é que a série está ficando mais e mais interessante (o primeiro episódio é de tirar o fôlego, sem brincadeiras), além de ser muito bem escrita e produzida.

Fora os trabalhos de atuação e os programas de variedade, o Seung Gi lançou um álbum novo no ano passado, depois de um hiatus de cinco anos do cenário musical. Além dos clipes de “The Ordinary Man” e “I Will”, ele também gravou uma série de vídeos para o YouTube com o ator coreano Lee Minho, onde ele cantou uma versão acústica de “The Dreamers Dream”. Neste seu sétimo álbum de estúdio, chamado The Project, ele também tem uma música com dois membros do BTS, chamada “A Song to Make You Smile” e originalmente gravada em 2011. Vale a pena conferir.

Eu tenho acompanhado bastante a carreira dele nesses dois anos e posso dizer que virei fã de verdade. Aos meus olhos, ele é uma pessoa incrível, absurdamente batalhador e talentoso. Meu fanatismo não tem a ver com beleza — apesar de que o sorriso dele mexe comigo; sorry, not sorry — ou atributos físicos, mas porque ele é o tipo de pessoa que eu certamente faria amizade e gostaria de ser próxima, caso fôssemos conhecidos na vida real. É muito mais sobre se identificar e gostar do jeito da pessoa do que reconhecer e admirar os seus feitos e gostar da sua aparência. Isso vem de bônus.

Fonte: Fanpop

Hoje em dia, a impressão que eu tenho é que eu já conheço muitas das manias e dos trejeitos do Seung Gi. Eu sei como ele vai reagir em determinadas situações, antecipo o que ele vai falar e consigo “ler” o que ele deve estar pensando só pela expressão facial e corporal. Eu sei detalhes dele que eu não sei nem sobre os meus amigos mais próximos. Pura observação, óbvio, mas é bacana pensar que eu aprendi tanto sobre ele em tão pouco tempo. No final das contas, ele tem feito muito dos meus dias melhores durante a pandemia e, às vezes, assistir um episódio de um programa com ele é tudo o que eu preciso para esquecer de todos os problemas. Rir, sorrir e desopilar com o meu coreano favorito.

Então, aqui vai o meu recadinho para ele... Seunggizinho, eu te admiro pacas. Desde 2019, tu moras dentro do meu coração. Continue sendo essa pessoa maravilhosa e excepcional que tu és. Tenho certeza de que a tua trajetória será muito, muito longa. Fighting! :heart:

Gostou deste post?
(0)
Comente Este Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *