php echo do_shortcode('[contact-form-7 id="19674" title="newsletter-signup"]');
-->
29 de julho de 2019

Festival de Cinema Japonês em Toronto

Agora que eu estou estudando japonês, eu estou mais atenta a coisas que envolvem o Japão de forma geral. No final de maio, eu fiquei sabendo que existe um festival de cinema anual organizado pelo Centro Cultural Japonês Canadense em Toronto. Neste ano, o festival aconteceu de 6 a 27 de junho, exibindo 32 filmes nestes dias de festival. Cada filme foi exibido em uma única sessão e o valor individual do ingresso era de $12 (para sócios, apenas $10). Achei ótimo!

Toronto Japanese Film Festival 2019

Fonte: TJFF

A maioria dos filmes selecionados para o Toronto Japanese Film Festival deste ano, ou apenas TJFF, foram lançados no Japão no ano passado. Doze dos filmes exibidos foram lançados no início de 2019, entre eles, “Dance With Me” (ダンスウィズミー), “Love's Twisting Path” (多十郎殉愛記), “Masquerade Hotel” (マスカレード・ホテル), “A Gambler's Odyssey 2020” (麻雀放浪記2020), “Another World” (半世界), “Fly Me to Saitama” (翔んで埼玉), “Iwane: Sword of Serenity” (居眠り磐音), “Organ” (あの日のオルガン), “The Fable” (ザ・ファブル), “The Island of Cats” (ねことじいちゃん), “When My Mom Died, I Wanted to Eat Her Ashes” (母を亡くした時、僕は遺骨を食べたいと思った。), e “Whistleblower” (七つの会議).

Como grande parte dos filmes eram lançamentos norte-americanas, canadenses ou internacionais, então alguns atores e diretores vieram para o festival para apresentar seus filmes antes da exibição e responder perguntas do público. Neste ano, estavam presentes no evento as atrizes Ayaka Miyoshi e Mikako Tabe, o ator (maravilhoso) Takumi Saitoh, e os diretores Shinobu Yaguchi, Toshiyuki Teruya e Tatsushi Omori.

PAUSA PARA O MOMENTO DRAMÁTICO DO POST...

Quando eu estava vendo a agenda de filmes lá no início de junho, eu não reparei que o ator Takumi Saitoh estaria presente no festival. Ao revisar os nomes dos artistas e títulos dos filmes para este post, eu notei o nome dele na agenda e quase morri enfartada. Como assim? Ele estava aqui e eu não fui assistir o filme? Oh, senhor. Ano passado, ele também veio para Toronto para a exibição de “blank 13” — que eu ainda não assisti, mas já está na minha lista — então o que me resta é esperar que ano que vem ele tenha outro filme no festival e venha pela terceira vez seguida. Mas, me digam, quais as chances de isso acontecer? E agora eu quero morrer, porque eu deixei passar essa baita oportunidade... Que grande azar! :sad:

Takumi Saitoh no TJFF 2019
Ator japonês Takumi Saitoh com os fãs no TJFF 2019

Fonte: TJFF

Takumi Saitoh no TJFF 2019

Fonte: TJFF

OK, ENGOLINDO O CHORO, E VAMOS ADIANTE...

Antes do festival, eu pesquisei todos os títulos na internet e anotei os filmes que me interessavam ou que tinham no elenco atores que eu já conhecia — diga-se de passagem, quase todos. Se eu não estivesse em fase de economia de gastos, eu teria ido todos os dias e assistido todos os filmes. De verdade. Mas eu vi que alguns dos títulos já estão disponíveis na internet — nos sites ma-ras que eu uso para assistir doramas e filmes de lá — então risquei alguns da lista.

Por fim, eu acabei decididindo que não ia assistir nada, só para não gastar dinheiro mesmo, mas depois eu acabei escolhendo dois filmes para assistir e comprei os ingressos no impulso.

O primeiro filme foi “For Love’s Sake” (恋のしずく), título que faz um jogo de palavras com sakê, a bebida japonesa, e a palavra em inglês sake, que significa consideração ou interesse em português. Após o filme — que eu achei muito bom, por sinal — os espectadores foram recebidos para uma degustação de sakê em um dos salões do centro cultural. Foi bem legal!

Toronto Japanese Film Festival 2019
Eu estou na plateia, se alguém me achar na foto, me avisa... Hahaha!

Fonte: TJFF

Toronto Japanese Film Festival 2019
Degustação de sakê após a exibição do filme “For Love's Sake”

Fonte: TJFF

O segundo escolhido foi “Iwane: Sword of Serenity” (居眠り磐音), simplesmente porque o protagonista do filme é o ator Tori Matsuzaka, que eu adoro de paixão. Para ser sincera, o filme nem era tão bom (o plot era interessante e promissor, mas ficou faltando alguma coisa para mim), mas o Tori estava ótimo e lindo. No final do filme, ele arrasou na atuação de uma cena bem emotiva, que eu achei que compensou por todo o resto. Hahaha. Mas, ok, valeu o passeio e por ver o Tori bem grande no telão...

Tori Matsuzaka em “Iwane: Sword of Serenity”
Tori Matsuzaka em “Iwane: Sword of Serenity”

Enfim, foi bem divertido. Se tudo correr bem, ano que vem eu quero assistir todos os filmes no festival. Eu ando assistindo uma enxurrada de filmes japoneses e a minha lista de filmes que devem sair por lá ainda este ano e eu quero assistir já está enorme... Espero que alguns deles venham para cá em 2020.

No dia 7 de agosto, quarta-feira que vem, vai ter exibição gratuita de uma animação japonesa chamada “Your Name.” (君の名は。) em uma praça no centro de Toronto. Eu estarei lá, sim ou com certeza? No dia 17 de agosto, o Centro Cultural vai exibir o filme “Usuke Boys” (ウスケボーイズ), e eu vou comprar o meu ingresso hoje para deixar garantido. Enquanto isso, eu sigo aguardando o lançamento de “Kingdom” (キングダム) aqui no Canadá, programado para o dia 16 de agosto — mas ainda não se sabe se ele entrará em cartaz de fato em algum cinema aqui de Toronto. Estou na torcida! #oremos

Eu vou continuar acompanhando os eventos que eles realizam lá no Centro Cultural aqui em Toronto, para me inserir um pouquinho mais na cultura japonesa... Eu já vi que eles têm aula de japonês por lá e eu quero me inscrever para começar no ano que vem. Estou achando esse universo japonês bem legal até agora. Acho que isso é bem óbvio, né? Hehehe!

じゃ!またね。 :happy:

Gostou deste post?
(3)
Comente Este Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *