Tag • sentimentos

30 de agosto de 2016
O fim de uma história que não teve começo…

O fim de uma história que não teve começo…

Eram cinco e meia da tarde. Estava na hora de eu ir embora. Juntei minhas coisas, peguei minha bolsa e desci para falar com ele. Passei o dia inteiro evitando aquele momento, mas a verdade é que eu só conseguiria seguir minha vida se tivéssemos aquela conversa. Parei na frente dele, meio sem jeito, e perguntei se ele poderia me acompanhar até o meu carro. Aqueles foram, talvez, os segundos mais desconfortáveis de nossas vidas. Sabíamos o que estava por vir em seguida… Meu corpo tremia de cima à baixo, sem parar, e eu desviava do olhar dele sempre que […]

Continue lendo
10 de agosto de 2016
Dez de Dezembro

Dez de Dezembro

Eu não sabia o que ia acontecer, mas eu estava nervosa. Girava a cabeça para todos os lados, procurando algum sinal da presença dele por ali, mesmo sabendo que ele não viria. Eu estava apreensiva, inquieta e distraída. Cada conversa tida naquele dia foi vazia para mim, porque minha cabeça estava longe. E foi então que eu o vi entrando pelo salão. Não acreditei nos meus olhos. Segui cada passo dele com a respiração acelerada, não sabendo muito bem o que fazer ou como agir… Ele sempre me deixava assim, em dúvida. Alguns minutos depois, ele estava perto de mim, […]

Continue lendo
9 de agosto de 2016
Novos começos...

Novo ciclo, novos começos…

Poucas pessoas sabem, mas os últimos meses foram tempos de muitas decisões importantes e definições para os próximos passos da minha vida. Dois mil e dezesseis tem sido um ano bem complicado para mim e, em vários momentos, eu não tive forças para lidar com os imprevistos. Mas eu prometi a mim mesma que não ia desistir de lutar pelas coisas que eu realmente quero para mim, ainda mais depois de ter chegado onde cheguei. Eu encarei todos os obstáculos que apareceram na minha frente — e, acreditem, foram muitos — e estou seguindo pelo caminho que eu acredito ser […]

Continue lendo
6 de maio de 2016
Desistir não é uma opção...

Quando desistir não é uma opção…

Desistir é algo que eu não sei fazer muito bem. Sou teimosa, sou persistente, sou paciente. Não me importo em esperar para que as coisas se resolvam da melhor forma possível. Muitas vezes, pode parecer que eu simplesmente desisti, mas não… Estou apenas dando tempo ao tempo, aguardando a hora certa chegar. Esperando que o universo gire e me traga uma outra solução. Os últimos cinco meses têm sido uma prova disso… Eu prometi que ficaria quieta no meu canto, que não insistiria em algo que não estava funcionando para mim naquele momento. E promessa é dívida… Tem sido difícil, […]

Continue lendo
9 de janeiro de 2016
Coração de Elástico

Coração de Elástico

Esses encontros e desencontros na minha vida romântica tem sido desgastantes para mim. São cinco anos errando e permitindo que meu coração sinta algo pelas pessoas erradas. O problema disso tudo é que eu não sei gostar pela metade… Quando eu gosto de alguém, gosto por inteiro, me atiro de cabeça, abro meu coração, estendo os meus braços e invisto toda a minha energia. Na maioria das vezes, eu acabo machucada. Dois mil e quinze foi um ano ótimo para mim, mas foi também o ano em que o meu coração foi estraçalhado novamente — depois do último episódio, em […]

Continue lendo
22 de abril de 2015
Surpresa boa

Surpresa boa

Meus olhos encontraram você sem querer. Eu não estava te procurando, eu não estava prestando atenção, mas você estava lá, esperando para se tornar uma surpresa boa na minha vida. Levei algum tempo para entender o que estava acontecendo e perceber que minha atenção se voltava em sua direção toda vez que você estava por perto. E então, aquele dia, eu parei do seu lado e tudo mudou. Tudo mudou para mim, aqui dentro. Não sei se foi quando nossos olhos se cruzaram tão de perto pela primeira vez ou se quando percebi que eu estava completamente à vontade perto […]

Continue lendo
4 de abril de 2015
Uma montanha-russa de emoções...

Uma montanha-russa de emoções…

Março foi uma montanha-russa de emoções. Provavelmente, foi o mês que me trouxe o pior dia do ano e também o melhor dia do ano, até agora. Oscilei entre mil sentimentos, estando muito bem em alguns momentos e muito mal em outros. Foi um grande festival de alegria, ansiedade, tristeza, excitação, nervosismo, alívio, euforia, pânico, felicidade, tranquilidade, medo, surpresa, aceitação, serenidade e loucura, tudo junto e misturado… Ufa! E apesar de ter sido bom de certa forma, estou contente que acabou, porque eu já estava enjoada daquele sobe e desce sem fim. Eu precisava do chão firme abaixo dos meus […]

Continue lendo
12 de fevereiro de 2015
Paraquedas

Paraquedas

E, do nada, ele caiu de paraquedas na minha vida. Eu estava distante, em outro mundo, pensando em outras coisas e querendo não me prender a nada. Querendo não me apegar a ninguém. No início, foi um pouco estranho. Falávamos idiomas diferentes e havia um mar de quilômetros entre nós dois. Mas acho que foi uma surpresa boa, algo fora do script, não planejado… Era diferente para mim e divertido também. Ele era divertido. E ele sabia o que estava fazendo. Sem que eu notasse, ele amarrou um fio de barbante em volta da minha bolha de sabão e foi […]

Continue lendo
18 de novembro de 2014
Me apaixonar ou não me apaixonar?

Me apaixonar ou não me apaixonar? Eis a questão.

Nos últimos dois anos, eu desisti dessa coisa toda de “amor de verdade” e tenho colecionado algumas paixonites, por aqui e por ali. Depois de algumas decepções amorosas que doeram bastante, preferi ser mais cautelosa e não deixar qualquer pessoa pisar em cima do meu pobre coraçãozinho. A verdade é que eu sou muito sensível em relação a romances e isso sempre me fez sofrer mais do que o necessário. Sempre me importei demais em fazer tudo da melhor forma possível e nunca recebi grande coisa em troca. Daí, sabe, cansei. Desde então, resolvi focar minhas energias em outras coisas […]

Continue lendo
7 de julho de 2014
Sobre meus erros e acertos no amor...

Meu maior acerto (e erro) no amor…

O maior erro da minha vida se chama Felipe. Um erro — talvez o único — que, se eu pudesse, voltaria no tempo para fazer tudo diferente e, principalmente, um erro que eu não devia ter deixado entrar na minha vida. Sei que foi um momento de fraqueza meu, somado a um pouco de carência e à ânsia de querer um novo começo, coisas diferentes… Mas agora eu sei, mais do que nunca, que era algo que eu devia ter controlado, lutado para não deixar acontecer e trancado dentro de mim, até que a vontade fosse vencida pela razão. E […]

Continue lendo
6 de novembro de 2013

Cravo e canela

Nem era para eu estar postando aqui, porque o layout novo do blog ainda não está pronto, mas eu venho me sentindo tão inspirada para escrever que resolvi burlar as minhas regras e postar esse texto, para tirar um pouco a poeira daqui. Espero que o próximo post já seja para falar do visual novo do Confabulando, então até lá. Mandei uma mensagem para o celular dele e fiquei aguardando na frente do prédio. Eu sabia que ele não me responderia, mas em alguns minutos estaria cruzando a porta do elevador e vindo em minha direção. Aguardei ansiosa, mexendo os […]

Continue lendo
23 de maio de 2013

Labirinto

Paramos lado a lado e olhamos para aquela parede alta de verde, que ia infinitamente para os dois lados. Na nossa frente, uma entrada não muito grande, que levava a diferentes caminhos e, dezenas de curvas mais tarde, a um espaço central com estátuas de pedra e bancos de madeira. Olhei de novo para ele e ele sorriu. Eu não acreditava que estávamos lá para fazer aquilo, mas precisávamos de respostas para dar um jeito em nossa situação e aquela ideia pareceu provocante o suficiente. Se aquilo funcionasse, seria nós dois desafiando o destino e traçando o nosso próprio caminho. […]

Continue lendo
8 de maio de 2013

O pote de ouro…

Escrevi este post na metade de março, mas por algum motivo decidi não postar isso na época. Algumas semanas atrás, lembrei do texto e fiquei com vontade de publicar; então, aqui está. Não sei se é o momento certo ou não, mas independente disso, o texto é verdadeiro e reflete o que eu acredito de coração. E é isso o que importa. Há alguns dias eu li algo que me fez pensar sobre a minha vida e minhas atitudes… Mais especificamente sobre conhecer alguém potencialmente interessante no quesito romance. A frase dizia que “quanto mais você corre atrás da felicidade, […]

Continue lendo
21 de abril de 2013

Vivendo num mix de sentimentos…

Vocês alguma vez já se sentiram tão perdidos que não sabem nem o que sentir? Eu ando numa fase assim… Em um momento estou feliz, dali cinco minutos estou bufando de raiva e mais tarde estou sensível a ponto de chorar por qualquer besteira… Sei que estou vivendo um momento de incertezas e de muito estresse em minha vida, que incluem preocupações com dinheiro, responsabilidades e projetos pessoais que não se definem, mas acho que estou num nível tão absurdo de sensibilidade, que tudo acaba me afetando de alguma forma. E nem sempre da melhor forma possível. Me sinto desapontada […]

Continue lendo
14 de abril de 2013

Cama

Ele deitou de costas na cama, num pulo rápido, e puxou o lençol por cima das pernas, até a altura da cintura. Eu olhei para ele pelo reflexo da janela e pousei meus olhos em seus peitos, que estavam descobertos. Na altura do coração, um pingente prateado em forma de circunferência tocava a sua pele, que era clara e salpicada de pintas negras. Ele estava sério e olhava para o teto, concentrado em sua própria respiração. Contive um sorriso que ameaçou invadir meu rosto e peguei meu pijama, que estava na primeira gaveta do meu armário. Quando eu voltei para […]

Continue lendo