17 de agosto de 2016

Tag: Vamos falar de filmes?

Eu adoro filmes! Já falei isso muitas vezes por aqui… Muito tempo atrás, eu recebi a indicação da Lívia para fazer essa tag sobre filmes, atores e personagens. Na época, eu andava distante do blog e acabei não fazendo, mas eu guardei o link da indicação para postar assim que ficasse mais ativa no blog novamente. E já que estou participando do BEDA, acho que é a hora mais propícia para fazer… Vamos a ele então? Luz, câmera, ação.

1. Um filme que você assistiu várias vezes no cinema.

Nossa, faz tempo que eu não faço isso… Tanto tempo mesmo, que eu não lembro mais qual foi o último filme que assisti duas vezes no cinema. Provavelmente, foi algum da saga Crepúsculo. Mas eu realmente não saberia dizer… Aliás, minto. Eu tenho certeza que assisti duas vezes no cinema o filme “Titanic”… Esse também conta?

2. Top 5 filmes do seu ator ou atriz favorito.

Difícil escolher apenas um… Mas ok, vamos de Josh Hartnett então. Em ordem de preferência: “Paixão à Flor da Pele” (2004), “Pearl Harbor” (2001), “40 Dias e 40 Noites” (2002), “Falcão Negro em Perigo” (2001) e “Xeque-Mate” (2006). Só amor! :love:

Josh Hartnett e Diane Kruger em "Paixão À Flor da Pele"
Josh Hartnett e Diane Kruger em “Paixão À Flor da Pele”
3. Um enredo de filme que você gostaria de ter vivido.

Eu poderia citar vários, inclusive. Mas vou mencionar três dos meus filmes favoritos e que tem a mesma essência: dois amigos que conseguem transformar a amizade em um belo romance… “O Melhor Amigo da Noiva” (2008), “Amigos com Benefícios” (2011) e o meu amado “Simplesmente Acontece” (2014). Qualquer um me servia!

4. Top 5 interpretações favoritas.

Vamos lá entonces… Whoopi Goldberg como Deloris Van Cartier em “Mudança de Hábito” (1992), Mark Ruffalo como David Abbot em “E Se Fosse Verdade” (2005), Keanu Reeves como Alex Wyler em “A Casa do Lago” (2006), Patrick Dempsey como Tom Bailey, Jr. em “O Melhor Amigo da Noiva” (2008) e Eddie Redmayne como Stephen Hawking em “A Teoria de Tudo” (2014). Pronto!

5. Um ator ou atriz subestimado.

Provavelmente, o James Van Der Beek. Depois do seriado Dawson’s Creek, onde interpretou o icônico adolescente Dawson Leery, ele não conseguiu mais nenhum papel relevante na televisão ou no cinema. Que triste, gente.

James Van Der Beek

6. Um ator ou atriz superestimado.

Se ninguém for me bater, acho que eu poderia citar Scarlett Johansson. Sei lá, não acho ela tão bonita como dizem (obviamente, para feia ela não serve, néam?) e também não acho que ela seja uma atriz sensacional… Eu gosto dela, mas não vejo tudo isso que enxergam nela.

7. Um filme que você assistiu e acha que ninguém ouviu falar.

Acho que este ninguém assistiu, com certeza: “Everyday, I Love You” (2015). O filme filipino é um drama romântico, dirigido por Mae Cruz-Alviar e estrelado por Enrique Gil, Liza Soberano e Gerald Anderson. A história é meio bobinha, mas é bonitinha. Uma jovem começa a filmar todos os acontecimentos de sua vida para mostrar ao seu noivo, que está em coma, e conhece o cara responsável por fazer o seu maior sonho se tornar realidade: ser apresentadora de televisão. Ela fica dividida entre os dois amores e não sabe se deve ser a esposa perfeita para um ou a mulher que corre atrás dos seus sonhos com o outro. Até hoje, eu me lembro do jeito que ela chamava o noivo dela nos vídeos… Hahaha! Duvido que alguém tenha assistido!

Liza Soberano em "Everyday, I Love You"
Liza Soberano em “Everyday, I Love You”
8. Personagens favoritos.

Difícil esta! Acho que Ginnifer Goodwin como Rachel White em “O Noivo da Minha Melhor Amiga” (2011), Josh Hartnett como Matt Simon em “Paixão à Flor da Pele” (2004), Sam Claflin como Alex em “Simplesmente Acontece” (2014), Michelle Monaghan como Hanna em “O Melhor Amigo da Noiva” (2008) e Jennifer Garner como Jenna Rink em “De repente 30” (2004). Ufa!

9. Uma adaptação que ficou melhor do que o livro.

Bem difícil essa pergunta, porque geralmente o livro é muito melhor. De seriado, eu poderia citar facilmente “The Vampire Diaries”, porque a história foi melhorada em todos os sentidos. Mas de filmes, eu vou ficar devendo… Talvez “O Diário de Bridget Jones”, que tentei ler e não consegui de jeito algum — e os filmes são bons.

Renée Zellweger em "O Diário de Bridget Jones"
Renée Zellweger em “O Diário de Bridget Jones”
10. Último filme que decepcionou você.

Um filme que foi total decepção para mim foi o “Boyhood — Da Infância à Juventude” (2014), do diretor Richard Linklater. A ideia de produção do filme é incrível e foi maravilhoso ver todos os personagens realmente envelhecendo com o passar dos anos, mas a história do filme é tão sem graça… Sei lá, acho que eles poderiam ter montado um roteiro mais elaborado. Ouvi tanta gente falando do filme na época, e pelas tantas indicações ao Oscar, eu realmente esperava que fosse melhor. Total #fail do ano, na minha opinião…

11. Último filme que superou suas expectativas.

Não sei se esse foi o último que eu assisti e que superou minhas expectativas, mas eu realmente não estava esperando que “Whiplash – Em Busca da Perfeição” (2014) fosse assim tão bom… Com a incrível atuação do Miles Teller, que fez todas as cenas do filme (mesmo as cenas em que as suas mãos sangravam enquanto ele tocava bateria) e o ganhador do Oscar J. K. Simmons, eu terminei de assistir o filme bem surpresa… Não esperava muito por ele e foi ó: uma maravilha.

Miles Teller em "Whiplash — Em Busca da Perfeição"
Miles Teller em “Whiplash — Em Busca da Perfeição”
12. Filmes que todo mundo deveria assistir.

Ok, vou citar os últimos que eu assisti e achei incríveis: “A Teoria de Tudo” (2014), “Perdido em Marte” (2015), “Divertida Mente” (2015), “Interestelar” (2014), “Whiplash – Em Busca da Perfeição” (2014), “Sniper Americano” (2014), “O Jogo da Imitação” (2014), “O Regresso” (2015) e “A Incrível História de Adaline” (2015). Põe no Netflix ou no Popcorn Time e dá play!

13. Filme mudo favorito.

Nunca assisti nenhum… #fail

14. Filmes que você sabe que deveria assistir, mas simplesmente não consegue.

Juro por Deus que não sei se é porque o filme é francês, mas estou há anos querendo assistir “O Fabuloso Destino de Amélie Poulain” e não consigo… Ele ainda está na minha lista de filmes para assistir, porque eu já recebi vários recomendações positivas, mas até agora não vingou. Vou me esforçar para ver ainda este ano!

Audrey Tautou em "O Fabuloso Destino de Amélie Poulain"
Audrey Tautou em “O Fabuloso Destino de Amélie Poulain”

E é isso! Não vou indicar a ninguém, porque a tag é bem antigona, mas sintam-se à vontade para fazer também. Eu confesso que achei difícil responder alguns tópicos, mas eu me esforcei para fuçar no fundo da memória e pegar as respostas mais relevantes. Espero ter conseguido! :wink:

BEDA Agosto 2016

Gostou deste post?
(0)
Comente Este Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 comentários em "Tag: Vamos falar de filmes?"
  • Os filmes da Bidget são ótimos, mas sou suspeita pra falar porque quem roterizou foi meu amado Richard Curtis e ele meio que usou meu livro favorito na vida, Orgulho e Preconceito, de base <3 Mas o filme que realmente é infinitamente melhor que o liro é O diabo veste Prada. O livro é um LIXO! Mas eu amo o filme. Tem muita coisa diferente, inclusive o fim (no liro, pela narrativa, é um pouco mais real, mas a narrativa é uma bosta, então…).

    Vou ver se faço essa tag também, hihi…

  • Olha, vou te falar uma coisa: levei anos para ver Amelie Poulain e depois da primeira vez, vi umas 4 vezes já! É super fofo, até o meu marido gostou!

  • Pearl Harbor eu assiti TANTO! E em um DVD pirata que tinha uma parte faltando, aí tem um buracão que eu não lembro de nada porque devo ter visto uma vez só e olhe lá hauahuahua

    O Fabuloso Destino de Amélie Poulain é muito superestimado! É filme de tumblr! Assisti inteiro e ainda não consegui entender o que o pessoal viu ali.