20 de janeiro de 2015

Tag: One Lovely Blog

Algumas semanas atrás, recebi uma indicação da Poly para fazer essa tag aqui no blog… Como eu ando bem atrapalhada com os meus horários, só estou postando hoje… E não é por falta de assunto, viu? Ando com muitas ideias para novos posts, mas não estou conseguindo sentar na frente do computador e escrever. A semana é bem cansativa para mim e, à noite, não me sobra muito ânimo para me dedicar um pouquinho ao blog. Mas prometo melhorar daqui pra frente… Bom, vamos à tag!

Tag: One Lovely Blog

01) Por que decidiu criar um blog e quando começou?
Acredito que tudo começou por conta da minha paixão pela escrita… Desde pequena, eu sempre tive diários e adorava escrever sobre o meu dia a dia. Também gostava muito de compor poesias, letras de músicas, inventar histórias e contos e mandar cartinhas para amigos e conhecidos. Por volta dos 12 anos, eu criei o meu primeiro site, onde eu publicava gifs, letras de músicas e outras besteirinhas. Em 2004, o site assumiu formato de blog e então eu comecei a contar sobre o meu cotidiano, sentimentos, experiências, hobbies, paixões, etc… Desde então, não parei mais.

02) Quais os benefícios que o blog te traz?
Acredito que ele ainda sirva mais como uma válvula de escape para mim do que qualquer outra coisa… Eu gosto de vir aqui e falar sobre as coisas que acontecem na minha vida, sobre minhas experiências e aprendizados, sobre as coisas que eu gosto e me fazem bem, o que acaba sendo uma terapia para mim. Além disso, também tive a oportunidade de conhecer diversas pessoas legais (e de longe), com quem compartilho pensamentos, sentimentos, ideias e alegrias.

03) Qual o post mais acessado?
O post mais acessado do meu blog é o Jogo: Subway Surfers. Não tinha nem ideia, mas ele já tem cerca de 13 mil visualizações… Fiquei pasma! Aliás, preciso voltar a falar sobre jogos e aplicativos para smartphones e tablets. Pelo visto, este tipo de post atrai bastante leitores. :happy:

04) Você usa redes sociais?
Sim, muito. Eu sou viciada em Twitter (quer me stalkear, me segue lá!) e também uso bastante o Swarm e o Instagram. Além destas, também estou sempre fuçando no Tumblr e no We Heart It. And FYI, faz mais de um ano que não tenho conta pessoal no Facebook (deletei for good!) e não sinto nenhuma falta… Obrigada, de nada.

05) Como o blog tem evoluído?
Acredito que ele está amadurecendo junto comigo… No início, ele era estritamente pessoal, tipo diário mesmo. Aos poucos, eu comecei a escrever sobre outros assuntos de meu interesse e fui o moldando para ser o que ele se tornou hoje: uma aleatoriedade de coisas que fazem parte do meu mundo. Atualmente, ele está exatamente do jeito que eu sempre quis. Escrevo sobre temas bem diversificados, mas de uma forma ainda bem pessoal… Ainda não cheguei ao meu objetivo, mas sei que estou no caminho certo… E, independente disso, continuo (e sempre continuarei) blogando por amor, então o que eu ganhar em troca já é suficiente.

06) Já viveu algum fato importante por causa do blog?
Acredito que nada muito relevante até agora, que eu me lembre… Mas tenho boas expectativas em relação a ele e creio que algo bacana está para acontecer muito em breve. Sigo acreditando nisso. Até porque a esperança é a última que morre, não é mesmo?

07) De onde nasce a inspiração para escrever e continuar com o blog?
Tenho milhares de ideias todos os dias de assuntos para postar no blog e preciso anotá-las em um caderno para não me esquecer ou deixar passar a oportunidade de falar sobre aquilo… As ideias vêm de acontecimentos do cotidiano, das coisas que faço, do que leio, escuto, vejo e sobre o que eu sinto. Para mim, é uma fonte infinita e tenho certeza que nunca ficarei sem inspiração para escrever… Escrever é tudo o que eu sei.

08) O que você tem aprendido a nível pessoal e profissional esse ano?
Os dois últimos anos foram anos de muito aprendizado para mim, de uma forma geral… Aprendi a ser mais racional, menos emotiva, mais otimista, menos apegada a ideias, pessoas e regras da minha cabeça e, principalmente, mais paciente. Aprendi também que coincidências não existem e que tudo o que realmente importa demora para acontecer (e que, às vezes, o caminho até lá pode te machucar um bocado). Estou em paz comigo mesma e aproveitando cada momento da vida. Profissionalmente, estou aprendendo a confiar mais no meu potencial e a não ter medo de errar, pois é errando que aprendemos e podemos melhorar os nossos resultados. Aprendi que posso chegar onde eu quiser, desde que eu tenha dedicação, persistência e fé. Desistir nunca é uma opção!

09) Qual a sua frase favorita?
“Não existem coincidências, tudo acontece por um motivo.” No momento, é o que eu repito para mim mesma todos os dias… Tem surtido efeito.

10) Qual conselho você daria para quem está começando agora no mundo dos blogs?
Não crie um blog para ganhar dinheiro ou pela fama… Escreva por amor e fale sobre as coisas que você realmente gosta. Desta forma, o conteúdo será mais autêntico e ficará mais fácil atrair pessoas que se identifiquem com você. Você não precisa ter mil acessos por dia para fazer a diferença na vida de algumas pessoas… Se 5 pessoas acessarem o seu blog e gostarem do que estiver lá, você já ganhou o seu dia.

11) O que os blogs que você vai indicar tem em comum?
Hoje eu vou indicar alguns blogs das antigas, do pessoal que escreve há muitos anos e continua nessa vida de blogueiro por amor mesmo. São blogs pessoais e com um conteúdo bem singular, que eu adoro ler sempre que sobra um tempinho… Meus indicados são: Lilika, Rithynha, Adrika, Angélica e Ju Leipnitz.

Gostou deste post?
(0)
Comente Este Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 comentários em "Tag: One Lovely Blog"
  • Vc fez <3
    Que amor!!
    Blog é uma ótima terapia, né?
    Eu não consigo entender gente que cria blog apenas para ganhar brindes e firmar parcerias. Não é assim que funciona. Blog é um hobby (pode sim render algum lucro, mas o objetivo não é esse), tem que fazer por amor.
    Vc está sempre no Twitter. É a pessoa que eu mais vejo por lá hahaha
    Bjuxxxxx

  • Vim ler torcendo pra você ter me indicado *-*
    Também comecei postando gifs e letras de música, quando eu tinha, sei lá, uns 12 ou 13 anos tbm.
    Gosto muito daquela idéia da frase que você escreveu, sobre os acasos <3
    Adoro seu blog porque dá pra perceber o carinho que você tem com ele ^^
    Beijão, Fê!

  • Tb uso muito o blog como válvula de escape, mas hoje ele é bem menos pessoal. Nós vamos amadurecendo, não é?
    Beijos e carinhos, fica com Deus

  • Oioioi!

    Não me canso de repetir: o blog funciona como uma terapia, onde você pode desabafar, jogar pra fora aquilo que te incomoda… E o bom é que sempre tem alguém que tá passando pela mesma situação ou quer ajudar.

    Infelizmente, muita gente está mudando o sentido de ter um blog. Elas Já chegam comprando um layout caríssimo, mandando e-mails pra trocentas empresas visando apenas dinheiro. Não é assim! Pelo menos não deveria ser.

    Enquanto eles continuam penando atrás de dinheiro/publicidade, ‘bora’ continuar no nosso cantinho compartilhando coisas que nos agradam. :}

    Bjs!

    P.s.: Acredito muito que tudo acontece por um motivo. A gente pode não saber agora qual o verdadeiro motivo, mas a vida sempre nos apresenta a resposta mais na frente.