19 de agosto de 2016

Pokémon GO, eu também quero jogar!

Quem me acompanha no Twitter, deve ter lido eu reclamar que eu não estava conseguindo jogar Pokémon GO direito… Pois bem! Até com isso, a vida me avacalha. Mas tudo bem, eu já aprendi a contornar os obstáculos e dar a volta por cima, independente do assunto. O que posso dizer a vocês é que, sim, habemus Pokémon Go agora.

Pokémon GO

Pokémon GO

O fuzuê em torno do jogo começou há alguns meses no Twitter (oi, é onde eu leio notícias?) e eu, que nunca nem assisti o desenho na minha vida, não estava entendendo nada… Várias pessoas que eu sigo estavam comentando sobre o jogo e pareciam bastante ansiosas com a chegada do Pokémon GO no Brasil — que sempre fica por último na vida, para variar. No início de agosto, o jogo foi liberado para download aqui e, então, eu comecei a entender do que se tratava.

Eu fiquei bem curiosa para ver como o jogo funcionava e até tentei baixar no meu celular, mas a minha versão do iOS é incompatível com o aplicativo. #fail Ainda assim, eu precisava saber qual era a graça da mais nova sensação do mundo — sim, do mundo.

Pokémon GO

Pokémon GO

Lembrei que eu poderia tentar baixar o app no iPad e deu certo. No entanto, o aplicativo do jogo está completamente instável no iPad e fica fechando o tempo inteiro. Mesmo com esse impasse, eu consegui pegar os meus primeiros pokémons e entender como se joga esse negócio. Quando começou a ficar legal, eu instalei o aplicativo no celular da minha mãe (porque o celular da minha mãe é melhor do que o meu, te mete!) e continuei jogando de lá. Bom, dentro de casa apenas.

Enquanto eu aprendia a jogar, eu mostrei para minha família o jogo e acabei viciando minha mãe e meu irmão no processo. Ou seja, eu não posso mais pegar o celular da mãe para jogar, porque ela criou uma conta também e está jogando com o usuário dela agora. Voltei a jogar com o iPad, mas está difícil de capturar pokémons com o app fechando o tempo inteiro… Vida difícil!

Pokémon GO

Pokémon GO

Enfim, o jogo parece ser bem divertido! Ainda não joguei na rua (oi, o meu iPad não funciona com 3G?), mas tenho visto muitas pessoas com os celulares em punho, caçando bichinhos silvestres por aí… Achei bem simples de jogar e acredito que seja interessante sair para bater perna na rua e capturar pokémons durante passeios e caminhadas. Eu ainda não cheguei a esse nível de vício, mas talvez quando eu trocar de celular, eu tente fazer isso também.

Basicamente, o que você precisa fazer é encontrar pokémons em um certo raio de distância e clicar em cima deles para iniciar os arremessos de pokébolas. No início, eu não sabia exatamente como arremessar e perdi várias bolas… Tive que recorrer a um vídeo no YouTube para aprender! Mas ok, newbie é assim mesmo… Não sabe fazer nada! Hahaha!

Pokémon GO
Arremesso de pokébola em um Weedle…
Pokémon GO
Prontinho! Pokémon capturado…

Após capturar o bicho, você pode juntar os itens necessários para evoluí-lo, transformando-o em outro pokémon, ou energizá-lo, aumentando o seu XP. Toda a parte de pegar itens em pokéstops e desafiar outros pokémons em academias (gyms) eu ainda não descobri como funciona, porque néam? Cada coisa de uma vez…

Pokémon GO

Mas está sendo bem engraçado descobrir bichinhos por aí (no conforto da minha cama) e tentar pegar os pokémons que eu ainda não tenho… Não sei se vou continuar jogando a ponto de virar uma dedicada treinadora de pokémons, mas para passar o tempo (enquanto eu me organizo novamente), está sendo divertido.

P.S.: Alguém percebeu que eu estou jogando com duas contas diferentes? Eu criei uma nova por motivos de: minha mãe terminou com as minhas pokébolas na primeira conta e não achei onde reabastecer aqui por perto… Hahaha! #abafa

BEDA Agosto 2016

Gostou deste post?
(0)
Comente Este Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 comentários em "Pokémon GO, eu também quero jogar!"
  • Comecei a jogar por curiosidade. Não achei graça e desinstalei. Todo mundo nos grupos estava falando. Baixei de novo.
    Não entendo o proposito do jogo, mas parece que é completar a pokedex com bichinhos fofos.
    Eu não quero ficar competindo e pegando gyms e treinando meus Pokémons. Nunca nem vi graça no anime.
    Mas está muito divertido todo mundo indo caçar em grupos, se reunindo em parques e praças e interagindo muito por causa de um jogo de celular.
    Tem alguns canais legais no YT para você entender melhor o jogo, tipo o canal Coisas de Nerd.
    Eu prefiro usar o Leo como pokepédia mesmo hahaha
    Bjuxxxxx

    PS: ontem capturei um PIKACHU

  • Esse final de semana eu ganhei a medalhinha de 500 Pokemon capturados e 1000 pokestops visitados: VENCI NA VIDA.

    No iPad está ruim mesmo, eu baixei no meu pra testar e não me dei muito bem não.

    Vou sair pra caçar com a sua mãe!