15 de agosto de 2016

Operação Menos 15

Eu nunca fui magra. Eu sempre lutei contra uns dois ou três quilinhos acima do meu peso, que, por algum motivo, teimavam em continuar comigo. Desde pequena, eu sempre gostei de comer guloseimas, como bolachas recheadas, salgadinhos, chocolates, biscoitos, balas, pirulitos e afins. Ou seja, era quase impossível emagrecer e ser magra comendo tudo o que comia — e que ainda como até hoje, apesar da idade.

No entanto, isso nunca foi algo que me preocupasse tanto… Mesmo sempre tendo vergonha de mostrar minha barriga, eu conseguia enganar bem os meus quilinhos a mais e sempre achavam que eu era magra — mesmo não sendo, de fato.

Operação Menos 15

A história mudou quando eu fui morar no Canadá. Fiquei oito meses lá e voltei para o Brasil com dez quilos a mais. Com o orçamento apertadinho, eu comia bastante fast food, massas e pães. Mesmo fazendo academia (melhor academia que eu já malhei, por sinal) e andando de bicicleta regularmente, eu não consegui escapar de ganhar peso lá. Aliás, isso é muito comum para quem faz intercâmbio no exterior.

O problema é que eu nunca mais consegui voltar ao meu peso… Consegui emagrecer bastante uns tempos atrás, chegando a pesar quase o mesmo o que pesava antes de viajar em 2009, mas nunca mais me senti satisfeita com o meu corpo. Em 2014, eu cheguei no meu recorde de peso: absurdos 78kg. Levando em consideração os meus míseros 168m de altura (desculpa, eu queria ser mais alta), eu deveria pesar algo próximo de 60kg. Beirar os 80kg foi o sinal vermelho.

Atualmente, estou pesando cerca de 73kg… Quando eu estava pesando 75kg, meses atrás, eu alterei minha Operação Menos 10 para Operação Menos 15, porque minha meta é chegar aos 60kg novamente. Sei que será bem complicado, considerando que eu não tenho a intenção em investir em dietas radicais ou qualquer coisa do tipo, mas tenho me organizado para manter as atividades físicas e controlar a quantidade de alimentos que eu consumo.

Estou passando por um momento pessoal bem complicado e, como sou muito ansiosa, acabo descontando na comida. Mas tenho em mente que tenho uma meta bem ousada e que preciso me esforçar muito para chegar onde eu quero, mas não vou desistir.

Quero voltar a correr, praticar algum esporte regularmente, manter a musculação e as aulas de jump e tentar me alimentar o mais saudavelmente possível. Eu não coloquei um prazo final para emagrecer esses 15kg, porque sei que eu preciso estar tranquila para chegar ao meu objetivo, e não correndo contra o relógio.

Operação Menos 15

Estou compartilhando minha Operação Menos 15, porque quero poder contar para vocês daqui algum tempo que eu consegui emagrecer e cheguei onde eu queria. No momento, estou focada em outras metas (que eu espero estarem ajustadas em breve), então a operação para queimar as banhas está meio ofuscada. Mas logo, logo eu retomo com força total.

Quem sabe, um dia, eu não me incomode mais com os pneuzinhos marcados na cintura ou com os braços gordinhos. Agora, não me preocupo tanto com a estética quanto com a saúde. Sei que os quilos a mais estão começando a me prejudicar e não quero que isso seja um ponto crítico de atenção. O jeito é fechar a boca e se movimentar bastante, para emagrecer o necessário e voltar a ser aquela “quase magra” que eu sempre fui. Eu chego lá.

BEDA Agosto 2016

Gostou deste post?
(0)
Comente Este Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 comentários em "Operação Menos 15"
  • oi, oi.

    tu chega lá sim, Fê! com força, fé e dedicação a gente chega onde quisermos. basta nos empenharmos de verdade. :)

    eu tbm sou bem ansioso e desconto sempre na comida. um erro, eu sei. já consultei com nutricionista e psicólogo, onde ambos me passaram alguns remédios naturais que acabaram dando certo. perdi cerca de 12 kgs. mas, aconteceram tantas tretas na vida que acabei ganhando tudo de novo, e atualmente venho só aumento o peso.

    to na luta junto contigo! vamo que vamo!
    bjs!
    Não me venha com desculpas

  • O importante é começar a fazer algo pra atingir seus objetivos!

    O Canadá é uma tentação, sempre engordo indo pra lá, é o único lugar em que isso acontece, juro! Deve ser porque eu me sinto muito feliz, e eu feliz adoro comer =P

  • Minha alimentação é 100% focada no emocional. Passei por dois meses puxadíssimos agora e foram 7kg!!! Agora tenho que correr atras disso e estou junto com você no menos 15kg (também quero voltar pro peso que eu tinha pré faculdade).

    Espero que a gente possa voltar aqui daqui um tempo e contar da mudança uma pra outra (e trocar umas figurinhas no caminho).

  • Boa sorte, Fe! Também vivo lutando com a balança… ganhei 10 kilos no meu intercambio em 2008, depois de uns anos perdi, mas já recuperei tudo de novo :(

  • Aos poucos você consegue, com certeza!
    O meu sinal vermelho tocou quando bati os 88kg (em 1,67 de altura). Agora tô na luta pra emagrecer os últimos 5kgs que queria. :)