9 de agosto de 2016

Novo ciclo, novos começos…

Poucas pessoas sabem, mas os últimos meses foram tempos de muitas decisões importantes e definições para os próximos passos da minha vida. Dois mil e dezesseis tem sido um ano bem complicado para mim e, em vários momentos, eu não tive forças para lidar com os imprevistos. Mas eu prometi a mim mesma que não ia desistir de lutar pelas coisas que eu realmente quero para mim, ainda mais depois de ter chegado onde cheguei. Eu encarei todos os obstáculos que apareceram na minha frente — e, acreditem, foram muitos — e estou seguindo pelo caminho que eu acredito ser o melhor para mim.

Amanhã é o marco! É o dia onde mais um ciclo se encerra e um novo ciclo se inicia… Ainda estou com um pouco de medo por não ter controle sobre os acontecimentos que estão por vir, mas a excitação pelo novo começo é maior e me mantém animada. Estou otimista, porque eu sei que tudo vai mudar e vai ser completamente extraordinário.

Novos começos...

Chega de coisas que dão errado e tiros que saem pela culatra. Confesso que já estou cansada de tentar colocar o trem de volta nos trilhos, então só vou mentalizar coisas boas e nada mais do que isso. Afinal, energia positiva atrai energia positiva. Eu já estou sentindo a diferença e sei que agora tudo está se encaminhando para o seu devido lugar. Aliás, lugar este que sempre deveriam ter ido há muito tempo.

Mas, querendo ou não, a sofrência também faz parte da vida. Nós aprendemos bastante com todas as experiências que passamos, sejam elas boas ou ruins. Sei que amadureci ainda mais e estou conseguindo lidar melhor com minha ansiedade, mesmo que em alguns momentos a única coisa que eu consigo fazer para eliminar a angústia é derramar algumas lágrimas… Mas depois passa, sempre passa. Só que o momento agora pede um sorriso largo, coração aberto, muita energia boa e disposição. E eu estou pronta.

Os próximos meses estão repletos de novidades boas e eu estou aguardando por cada uma delas de braços abertos… Sei que tudo que aconteceu até aqui foi por um motivo, mesmo sem ainda saber muito bem qual. Mas isso não importa agora. O que importa é que eu esperei muito tempo por este momento e eu não vejo a hora de poder gritar aos quatro cantos que deu certo. Porque vai dar certo e vai ser incrível. Eu sei que vai.

BEDA Agosto 2016

Gostou deste post?
(0)
Comente Este Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *