9 de novembro de 2010

Meu último desastre…

… foi o meu último namoro! Nem acho que a pessoa mereça um post falando sobre este relacionamento, mas vai fazer bem para mim colocar tudo isso para fora. Procurei não espalhar muito sobre o que realmente aconteceu, mas depois de certas atitudes, acho justo que as pessoas saibam que ele pisou em todas as bolas que estavam no caminho. Não quero que se sintam mal por mim, porque todo mundo tentou me avisar onde eu estava me metendo, mas eu fico irracional quando tem sentimento envolvido e não vi que estava cometendo um erro deixando esta história acontecer… Deixa eu contar!

Tudo aconteceu muito rápido! Eu tinha acabado de voltar de Toronto, tinha recém terminado meu namoro com o Guilherme, quando alguma coisa chamou minha atenção e foi começando a ficar séria. Começamos a nos falar todos os dias pela internet e depois trocar algumas ligações. No início, eu não sabia muito bem o que estava acontecendo, mas no começo deste ano a gente conversou e esclareceu algumas coisas. Eu estava sentindo algo que eu não devia sentir e por alguém fora de cogitação. Ele também. E por mais que eu soubesse que era errado, meus sentimentos falaram mais alto (como eles sempre fazem!) e resolvemos dar uma chance a nós dois…

E é claro, minhas atitudes tiveram consequências. O clima aqui em casa não ficou bom e o Guilherme nunca mais falou comigo. Tudo justo, eu acredito. Mas eu enfrentei tudo isso. Estava lutando pelo meu direito de ser feliz, e fiz isso porque eu acreditava que o relacionamento podia dar certo. Para minha surpresa, já no começo tivemos uma primeira crise. Ele querendo desistir e eu lutando para não perdê-lo. Através dos meus esforços, conseguimos dar mais alguns passos, mas para logo em seguida tropeçar novamente. Por ele, aquele teria sido o nosso fim; mas eu ainda achei justo lutar e entender o que estava acontecendo. Mais uma vez, ele voltou atrás e continuamos a tentar!

Depois disso, as coisas pareciam bem. Tivemos momentos maravilhosos juntos! Porém, algo que temíamos desde o início se tornou real: o sentimento que surgiu muito rápido, começou a ir embora muito rápido também. Não sei exatamente quais os motivos me levaram a isso, mas eu estava confusa no que eu estava sentindo. Tudo ficou sem foco e eu perdi minhas diretrizes. De repente, outras coisas começam a falar mais alto e eu não sabia se estar com ele era a coisa mais certa a fazer. Percebi que talvez eu tenha acreditado demais e apostado todas as minhas fichas em nós, e simplesmente não era pra ser.

Ele sugeriu que déssemos um tempo, para eu poder clarear minha cabeça, e eu concordei, achando que era realmente o que eu estava precisando… Tentei continuar com a minha rotina e ver se ele fazia falta não estando ao meu lado; mas eu não tive tempo suficiente para ter a minha resposta. Menos de uma semana depois, eu tive a minha confirmação de que todo o meu esforço em manter a relação funcionando desde o primeiro tombo que tivemos não valeu para nada. Para quem dizia que me amava e estava sofrendo muito por não estar comigo, 5 dias é muito rápido para já estar procurando outra pessoa. Nem tínhamos terminado oficialmente, mas ele já estava “solteiro” no Orkut, tinha me excluído como amiga dele, me bloqueado no MSN e estava mandando mensagens de “boa noite” para outra menina… Se é que isso já não estava acontecendo antes! Mas nem quero saber…

Naquele momento, eu tive certeza de que todos os medos e incertezas que eu tive durante o nosso namoro eram reais. Eu nunca consegui confiar plenamente nele, na verdade. Eu não sabia o que ele realmente estava fazendo quando eu não estava com ele. Não podia fechar meus olhos e ter certeza de que eu não tinha motivos para me preocupar. Eles estavam lá. Sempre estiveram. E o fato de ele ter fingido não saber do que eu estava falando depois que eu descobri a verdade, de certas coisas que ele falou sobre mim e das possíveis mentiras que ele me contou naqueles oito meses, foi suficiente para transformar aquele restinho de afeição em desgosto. Um perfeito trouxa. T-R-O-U-X-A!

Eu não me importo por ter arriscado e ter levado na cabeça, porque eu fui avisada e arquei com as minhas consequências; mas me arrependo por ter feito esta escolha e ter sujado a minha imagem com o Gui, que por mais que não esteja mais na minha vida, é alguém por quem eu sempre vou sentir muito carinho. Não que isso faça diferença agora, porque ele tem a vida dele e está bem (graças a Deus!); mas se eu pudesse voltar atrás e ter agido com a razão ao invés do coração, não teria dado motivos a ele para ter mágoa de mim. E isso significa muito pra mim, porque ele foi um dos melhores amigos e confidentes que eu já tive, e eu não queria estragar esta lembrança. Nem para mim e nem para ele! Mas ok, o que tá feito, tá feito! Eu não tenho como voltar atrás e me poupar desta raiva que sinto de mim por ter perdido meu tempo com alguém que não valia a pena… Só isso!

Mas agora já passou. Um dos muitos erros que eu cometi, mas que já aprendi a minha lição. Senti muita raiva no início, mas não cheguei a sofrer em nenhum momento… E não escorri uma lágrima sequer! Ainda bem, porque ele não merece… E agora estou melhor do que nunca! Sei que mereço alguém muito melhor, alguém em quem eu possa confiar e que só vai colocar sorrisos no meu rosto. Não tenho pressa, porque eu sei que ele está em algum lugar e que vai aparecer em minha vida na hora certa. E eu sei que eu mereço! Por mais que ele invente teorias para dizer que não, a pessoa em quem eu mais confiei nesta vida me disse que não existem mais pessoas no mundo como eu, que eu valho muito a pena. E eu sempre me emociono muito quando lembro disso, porque ele sempre foi muito sincero comigo! Diferente de outras pessoas… :sad:

Como eu sei que o dito cujo provavelmente vai ler este post, aí vai uma pequena mensagem para ele… “Se a tua desculpa é dizer que os motivos pelo qual não deu certo envolviam outra pessoa (e tu sabe de quem eu estou falando), tu entendeu tudo errado. Eu não enxergava mais ninguém além de ti durante todo o tempo. E eu lutei muito por tudo, tu não pode negar isso. Então agora não adianta querer encontrar desculpas para jogar toda a culpa em mim ou querer me difamar, porque quem estava escondendo algo era tu. E ah, última coisa: a pessoa com quem eu troquei aquele abraço pouco tempo atrás era uma mulher, mas tu nem se deu ao trabalho de perguntar antes de me julgar! Então eu sugiro que tu se olhe no espelho antes de sair falando bobagem, porque tu não me conhece e não sabe nada sobre mim.”

A ideia para este post veio quando eu estava ouvindo a música “Untogether”, da Orianthi. Foi uma coincidência eu prestar atenção na letra da música bem na época em que eu terminei o namoro e a música pareceu perfeita para mim. Expressou bem o que eu estava sentindo. O nome do post é uma tradução de um dos trechos do refrão, que diz que “você conseguiu ser o meu último desastre”. Aliás, esta música é muito boa, recomendo! Aí segue o refrão dela, que traduz exatamente o que eu senti naquele momento…

Cos I’m done and you’re the one
Yeah, you get to be my last disaster
I don’t wanna make this mistake again
And I’m through with you
And you’re not growing up any faster
I don’t wanna wait for you to change
You’re always gonna stay untogether

Antes só, do que mal acompanhada. Amém!

Gostou deste post?
(0)
Comente Este Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

24 comentários em "Meu último desastre…"
  • É… eu já passei por tanta coisa também… tanto tempo, palavras e outras coisas que a gente abre mão, e depois vê q não vale a pena.
    Mas é assim, né? É aquele tipo de mal necessário que vem prá gente aprender e realmente nuuuunca mais repetir ;)

    beijão!

  • Passei por situação bem parecida a pouquissimo tempo, homens que se fazem de frageis são os piores, vc pensa que a confusão ta na sua cabeça, mas na vdd a confusão é deles, que não sabem jogar limpo. Bola pra frente amiga! Bjs

  • Nossa… passei por algo tão parecido. Acho que deve ser uma regra, toda mulher deve encarar uma dessa na vida pra sair mais forte… e mais esperta. Não sei… mas achei corajoso compartilhar, gostei mesmo…
    Bejios

  • Foda desperdiçar nosso precioso tempo com alguém que não merece, mas passa, vai te fazer apreciar muito mais a sua pessoa certa;)

    Ah, mindentifiquei com esse refrão ai tb!

    Bjos

  • Então foi por isto que sumiu? Como sabe já passei por isto e não perdi só tempo. Duas partes de mim ficaram além dos braços. Não pense na escolha errada nem no fato de achar que errou. Faz parte da aprendizagem. E como é difícil a interpretação de sentimento. As vezes um sussurro é quase um discurso e um toque parece uma massagem e quando um beijo parece um orgasmo a coisa tá feia mesmo. Razão não rima com emoção e ladeira abaixo o negocio é levantar os braços e curtir o vento. Porém o grande parceiro é você mesmo. E ter as respostas a pergunta ‘o que queremos da vida’ você já sabe a resposta. O problema foi ter esquecido quando o conheceu. ABRACEIJOS!!!!

  • é… mas não esqueça de não entrar nos sonhos dos outros, qdo os outros já tem um outro alguém, respeite também
    um bj

  • Oie tudo bem miga?
    Miga gostei do post, se qdo eu namorava tivesse um blog eu tb faria a mesma coisa kkkk gostei, é isso aí miga, pessoa assim não merece que chorem por ela e nem que sofram por ela, vc fez a coisa certa e tipo tenta falar com o Guilherme p/ vcs serem amigos de novo, quem sabe ele volte a ter amizade com vc né? não custa tentar =), boa sorte com vc e tudo vai ficar bem =) um dia o seu grande amor irá chegar é só não ter pressa e deixar que a vida siga o seu curso que as coisas vão acontecer normalmente =)
    Bjs!

  • Meu lema é esse: Antes só do que mal acompanhada.
    Acontece te termos esses ‘trouxas’ na nossa vida, e com isso agente acaba aprendendo uma lição, que as veses precisamos deixar de ouvir o sentimento, e partir pra razão.
    Mais emfim, isso tudo vira passado e então temos que partir pra outra! hehe
    Beijos :*

  • Não faz muito tempo eu passei por uma situação parecida. Comecei a gostar de uma pessoa, ele era/é meu amigo, e eu achava que ele era o máximo. Fazia tudo pra gente estar bem, junto, ele sempre dizia que gostava de mim. E eu me apaixonando cada dia mais… quando eu achei que ia rolar alguma coisa mais séria entre nós, ele aparece dizendo pra todo mundo que tava namorando uma amiga da irmã dele. Foi o fim pra mim. Não vou dizer que eu já superei (é muito recente), mas estou seguindo em frente esperando por alguém que me mereça de verdade.
    E eu tenho certeza de que a gente vai chegar lá, Fê!
    Força!

    Beijinhos :*

  • Fê, eu imagino o que você sente, sentiu, passou, apesar de ser um clichê dito por muitas pessoas sobre um assunto deste tipo. O bom é que você se tocou do que estava acontecendo antes que se acostumasse ainda mais com a companhia dele. No meu caso, eu levei quase 4 anos pra me tocar. Nem gosto de falar nisso, por conta do meu atual namorado (que odeia a pessoa pelo mal que me fez) e porque nem eu sei o motivo de ter suportado tanto tempo (e feito papel de trouxa).
    Mas, como você mesma disse, tenha fé. Eu esperava passar anos e anos solteira depois de tudo que tinha passado, por conta de todo o sofrimento (com o tempo, acaba se transformando nisso) e depois de 8 meses de término conheci o Vitor e percebi que tinha encontrado a mim mesma, no sexo masculino! rsrs
    Acho que neste momento, mais do que nunca, aquele ditado de cuidar do jardim e esperar que as borboletas venham até ele é bem aplicável.
    Beijos!

  • Oi querida blogueira, eu já passei por uma situação parecida com a sua, sofri muito no começo, mas depois Deus me mostriou o caminho certo e o que realmente é ser feliz, Conheci um homem que hoje é meu noivo, ele é muito interessante, cheio de qualidades, e que me faz muito feliz, alguem que me mostrou o que é amar e ser amada!!! Depois de um tempo você terá lembranças boas porque o sentimento passa mas as lembranças ficam, mas hoje sou muito feliz e realizada, hoje sou tratada como mulher e vou me casar com essa benção que Deus colocou no meu caminho!!!! Não fique triste, apenas agradeça a Deus por ter te livrado dele e Ore para te dar um verdadeiro AMOR.!!!bjs

  • Oi Fê! Realmente não é fácil!! Mas, que bom que vc desabafou!
    Tb és de POA?
    Estou passando para dizer que já coloquei o seu blog lá no Retrospectiva Literária. Obrigada por participar! \o/ Bjss!

  • o seu ex namorado e o guilherme são a mesma pessoa? bom mas realmente, se não tem confiança não tem relacionamento que aguente… melhor abrir mão mesmo, pq merecemos ter do nosso lado, somente gente que em possamos confiar!
    que bom que vc não sofreu, e pode ter certeza que esperar pelo melhor sempre vale a pena!
    bjinhos!

  • Hey Fernanda ^^

    Quando o assunto é coração, fica complicado pra quem está de fora entrar com concordância, já tive algumas decepções no campo coração, mas sabe que eu sai mais fortes delas?! acredito que vc também se sinta assim, em pensar em nunca repetir o mesmo erro.
    Tenho certeza que há alguém aí fora a nos esperar ;D

    Xoxo

    :: Loma

  • Ermã. Nunca tinha lido teu blog e hoje casualmente abri e li isso. Não me meti muito na história, não sabia o que realmente tinha acontecido. Quando tu começou esta história depois do Gui, eu fui a única a não ser contra, embora eu acahsse vocês muito diferentes. Por que? Por que a gente as vezes tem que fazer algumas coisas erradas pra aprender. Teu arrependimento pelo Gui ficar magoado contigo, o tempo vai passar e ele vai esquecer disso e vai te recordar com carinho também. E O CARA, esse vai surgir quando tu menos esperar. A gente deve se arrepender só do que deixou de fazer e o resto, mesmo que tenha dado errado, a gente leva como ensinamemto. E o resto, o tempo cura. Meus 30 aninhos (EM BREVE) já me ensinaram algumas coisas… Bjus e fica bem

  • O bom disso tudo é que a gente aprende… Não tem outra forma mais eficaz de aprender do que vivendo as teorias que a gente ouve durante a vida… E analisando tudo, o bom é que acabou. Imagine se você estivesse já casada com uma pessoa e descobrisse que não pode e nunca pôde confiar nela? Seria muito mais difícil e decepcionante. Ótimo que você não chorou por causa dessa situação, existem pessoas que de fato não merecem a nossa lágrima, não mesmo. Bobo ele que não soube dar valor à sua fidelidade, à sua amizade, à sua companhia, à sua beleza, enfim. Pelo pouquíssimo que eu sei de você pelos seus posts e comentários, dá para perceber que você é uma pessoa muito doce e sincera. Um alguém de fato especial é apenas conseqüência. ÚLTIMO desastre mesmo, haha. Beijones.

  • Sei bem como é isso. Se sacrificar e fazer o máximo de esforço para que a relação dê certo e no fim descobrir que não valeu de nada! >__<

    Mas sabe uma coisa boa disto tudo? É que você aprende a dar mais valora si mesma e a pensar bem antes de se atirar à piscina.

    Quem ficou a perder foi ele e não você. ;D

    E como você mesma disse: "antes só, do que mal acompanhada."

  • Acho que primeiro nós precisamos errar, pra depois saber o que é certo. Afinal, o que é a vida se não um longo aprendizado? ^^
    Fique bem, e, realmente ele não te merece!
    Beijinhos,
    Maay

  • certeza viu, antes só do que mal acompanhada, já passei por isso e nunca foi por falta de aviso mesmo. mas olha, tu é linda e com certeza existem pessoas que te merecem muito mais do que esse trouxa ai, talvez ele seja criança demais pra saber lidar com relacionamento ou medroso demais.. torço por ti =**

  • Antes só do que mal acompanhada, essa é a grande verdade! Uma coisa boa da vida é que a gente sempre pode aprender com os erros né? Isso é crescer, isso é amadurecer. Me identifiquei com a tua história, é fácil perdermos a cabeça qnd falamos de sentimentos… mas é aí que entra o aprendizado. Precisamos entender que nem sempr eo coração acerta, as vezes ele é bobinho e inocente demais… infelizmente!
    beijos

  • Nossa realmente é triste quando a gente confia em alguém e essa pessoa te decepciona.. ;/
    Mas eu acredito que há uma cara metade para todos, vc vai achar a sua.

    bjus

  • Nossa…. já passei por isso! Até pior.. se é que dá pra comparar essas coisas…
    Mas olha, se tem uma coisa que aprendi nessa vida é que a gente só passa por aquilo que precisa passar… seja pra ver claramente algo ou para aprender e amadurecer diante dos nossos erros.
    Pode ter certeza que há alguém sim que te fará feliz, que trará somente coisas boas a você! Passei por tantaaa coisa e no fim, quando já tinha perdido as esperanças, apareceu a pessoa mais maravilhosa que Deus poderia ter escolhido para mim!
    O seu, está te esperando em algum lugar… se ainda não apareceu é porque não está na hora ainda! =)
    Tomara que o Gui leia este post também e veja o quanto é importante pra você!
    Acho que a parte mais difícil de tudo é quando para aprender não sofremos sozinhos, mas carregamos alguém com a gente… e no fim, o máximo que podemos fazer é aceitar que esse alguém se afaste…
    Tomara que ele não fique magoado com você por mais tempo! A vida é curta…