9 de dezembro de 2009

Lua Nova e Twilight Songs

Finalmente o dia 20 de novembro chegou e “Lua Nova” estreou nos cinemas. Como eu sabia que ia dar tumulto, salas lotadas, gritarias, etc., eu resolvi não ir sexta, na estreia, e fui no domingo no primeiro horário da tarde. Cheguei no shopping antes do meio dia e já comprei os ingressos para o filme, que ia começar às 13h. Comprei pipoca e suco e entrei na fila de espera para garantir um bom lugar. Mas não tinha ninguém ali ainda, então minha mãe e eu éramos as primeiras. Faltando uns quinze minutos, eles liberaram a sala e nós entramos para sentar nas melhores poltronas disponíveis. Hahaha. Detalhe: o saco de pipoca já estava pela metade…

Achei o filme muito bom! Como já era esperado, o novo diretor fez toda a diferença. Claro, a grana extra também ajudou para que o filme ficasse melhor, mas o resultado final do filme se deve à produção e dos diretores do mesmo, portanto acho que o Chris Weitz fez um bom trabalho. Tudo isso porque eu não gostei muito de “Crepúsculo” e peguei uma cisma com a Catherine Hardwicke, sei lá porque… Mas ok, ignorem!

Apesar de ter sido o livro que eu menos gostei (mas eu sou suspeita para falar porque, obviamente, eu sou Team Edward, mas eu achei bonitinho ver a Bella e o Jacob juntos. Porque, afinal, ele é “sort of beautiful”, né? Aliás, vamos combinar! O Taylor Lautner fez um upgrade tão significativo para este filme, que eu já comecei a ter dúvidas se eu prefiro o Rob a ele…

Mas, enfim, voltando ao filme… Achei que o storyboard do filme ficou bem organizado, super fácil de entender (principalmente para quem não leu o livro); a maquiagem melhorou consideravelmente (antes eles pareciam que estavam com pó de arroz no rosto); os olhos dos vampiros também ficaram ótimos, mais claros e nítidos (cada vez que mostrava os do Edward eu suspirava #exagerada); os efeitos especiais também ficaram bons no geral, apesar de achar que o movimento dos lobos ficou muito “mecânico”… Mas o mais importante mesmo foi que o filme foi super fiel ao livro, com pequenas exceções, e isso eu achei ótimo! Eu odeio quando eles mudam as coisas, apesar de saber que é uma adaptação e o filme não precisa ser exatamente igual… Bom, e o final, sem comentários… O que me deixou mais curiosa ainda para ver “Eclipse”, que é o meu livro favorito! Agora é esperar até 30 de junho de 2010 e surtar enquanto este dia não chega…

Não sendo suficiente, eu fui ao cinema na quarta-feira seguinte para assistir “Lua Nova” de novo. Mesmo já sabendo tudo o que acontecia, mesmo assim eu chorei nas mesmas partes: quando a Bella grita durante os pesadelos e no final… Alguém ainda não viu o filme e quer me levar junto para eu assistir de novo? EU VOU!

E ainda falando sobre a saga Twilight, quero contar para vocês uma coisa muito legal que eu descobri ano passado (e estou enrolando até agora para postar no blog — sério!) e meio que viciei. Talvez algumas pessoas já conheçam, mas #fikadica para quem não conhecia.

Uma banda chamada The Mitch Hansen Band, após se dar conta do sucesso que Twilight estava fazendo, resolveu compor músicas sobre os livros. Eles gravaram um CD acústico com 13 músicas sobre os personagens, seus sentimentos e situações que aconteceram em Crepúsculo, Lua Nova e Eclipse, e as músicas começaram a ter muitos acessos. Atualmente, eles gravaram as versões de estúdio das mesmas músicas e tem os dois álbuns disponíveis para download no iTunes. Eu como nem sou fã de música, entrei na onda… E só tenho uma coisa a dizer: as músicas são muito boas!

Vou colocar alguns vídeos das minhas favoritas aqui para vocês darem uma espiada, e caso gostem, podem baixar o CD acústico completo neste link aqui. É música pra nenhum fã de Twilight colocar defeito…

♫ BY YOU

♪ LULLABY

♪ SUN’S LAMENT

♪ JACOB BLACK

♪ THE THIRD WIFE

♪ NUMBER 3

Já pensou que demais seria se uma das músicas deles entrasse para a trilha sonora dos filmes? Eu curtiria certo…

Gostou deste post?
(0)
Comente Este Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *