30 de janeiro de 2016

Livro: “A Última Carta de Amor”, de Jojo Moyes

Depois de ter ficado tanto tempo ser ler nada, eu prometi que em 2016 eu ia resgatar o hábito da leitura e tentar zerar os livros comprados e não lidos até agora. O desafio é grande, porque a quantidade de livros que comprei nos últimos anos não é pouca… Mas vamos por partes, livro a livro, que um dia eu chego lá. #oremos

O livro escolhido para começar o ano foi “A Última Carta de Amor”, da autora inglesa Jojo Moyes. Eu comecei a leitura com a expectativa lá em cima, porque já tinha lido um livro da autora e me apaixonei pela história. Inclusive, falei sobre ele aqui no blog, pois foi um livro que mexeu muito comigo. Enfim, eu ganhei “A Última Carta de Amor” da minha prima alguns anos atrás e estava ansiosa por lê-lo… Então vamos ao que interessa.

“A Última Carta de Amor”, de Jojo Moyes

“A Última Carta de Amor” conta duas histórias distintas, que se cruzam de uma forma incrível, cerca de 40 anos depois. Ellie Haworth é jornalista e trabalha na seção de Reportagens Especiais no jornal Nation. Enquanto procura informações para uma matéria especial no arquivo do jornal, Ellie encontra cartas de amor assinadas por alguém chamado apenas de “B”. Percebendo que as cartas tratavam de um amor proibido, de uma mulher casada e seu amante, Ellie faz o possível e o impossível para descobrir quem é o casal por trás daquelas belas palavras de amor. O que Ellie não sabe é que, ao tentar resolver aquela história de amor, ela pode estar tentando solucionar a sua vida amorosa também: insistir ou desistir de ter um relacionamento com John, um homem casado e pai de família.

Em paralelo com a história de Ellie, conhecemos também a história de Jennifer Sterling, que se passa em Londres, na década de 60. Após um terrível acidente de carro, que a faz acordar com inúmeras memórias perdidas dos últimos anos de sua vida, Jennifer acaba voltando para a casa com um marido de quem não se recorda e por quem não sente nada. Em meio a esforços para lembrar de sua antiga vida, Jennifer começa a procurar pistas em sua própria casa, para instigar sua memória. Para sua surpresa, ela encontra cartas escondidas, endereçadas a ela e assinadas por “B”. Mesmo não lembrando de nada disso, essas cartas implicam que ela estava querendo largar seu marido para fugir com “B”, o grande amor de sua vida.

“A Última Carta de Amor”, de Jojo Moyes

Duas mulheres, situações parecidas, amores proibidos. Ellie decide que precisa encontrar o casal das cartas e entender como terminou sua história. Enquanto isso, ela continua saindo com John e questionando se é isso que quer para sua vida, se é isso que merece para si, e se algum dia ela terá um amor tão bonito como o daquelas cartas.

Minha opinião? Achei o início do livro muito enrolado, me deixando com a constante sensação de que a história não estava chegando a lugar algum. Só depois de mais de 100 páginas, foi que o livro começou a ficar interessante. A autora precisou criar todo o contexto das histórias, antes de começar a desenrolar a trama do livro — para que as coisas fizessem sentido — e isso tornou a leitura um pouco cansativa.

O livro é dividido em três partes, sendo a primeira e a segunda sobre Jennifer e “B” e a terceira sobre Ellie. No entanto, o prólogo do livro introduz a história de Ellie e os problemas amorosos que está enfrentando. Ou seja, você precisa ler mais de 200 páginas antes de continuar lendo a história de Ellie e saber o que acontece com ela. Não me importo com flashbacks na leitura, mas achei este um pouco extenso demais.

“A Última Carta de Amor”, de Jojo Moyes

Mas depois que você entende todo o contexto do livro, as coisas começam a ficar divertidas… A terceira parte do livro é ótima — e o final também. É uma leitura fácil e bem fluída, mesmo o livro tendo 378 páginas. Confesso que gostei mais do outro livro que li da autora, mas este também é muito bonito. Ele fala de amores proibidos, relacionamentos impossíveis e de como a vida muda e se ajusta para fazer as coisas darem certo no final, mesmo que seja muito, muito tempo depois do que imaginávamos.

“A Última Carta de Amor”, de Jojo Moyes

Estou ansiosa por ler outros livros da Jojo Moyes… Tem um que estou paquerando há meses e se chama “Um Mais Um”. Vocês já leram? Gostaram da história? Quero tentar comprar alguns livros dela em inglês, para ver realmente como é a escrita dela… Sempre prefiro ler as obras originais, livres de tradução. Mas vamos ver… Até agora ela ainda não me desapontou. :smile:

Gostou deste post?
(1)
Comente Este Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *