4 de março de 2013

“Heart Attack”, ou quase isso…

Mais uma vez, a Demi Lovato faz uma música que resume muito bem o que eu sinto. “Heart Attack” é o seu novo single, que tinha o lançamento previsto para hoje (4 de março), mas que acabou vazando na internet semana passada e demorou apenas alguns instantes para parar no meu iTunes. Antes disso, o álbum “Unbroken” me conquistou em cheio no final de dois mil e onze, com músicas que expressavam fielmente os meus sentimentos e me ajudaram a não enlouquecer. Nah, tô brincando! Mas é verdade que cada uma das 15 músicas do álbum se encaixavam em algum dos momentos e aspectos que eu estava vivendo na época e me confortaram, de certa forma.

Agora “Heart Attack” teve o mesmo efeito. A música fala sobre ter medo de se entregar para um amor de verdade, ao encontrar alguém que te faz ficar sem palavras e te deixa tonta. Na música, ela fala que com outros meninos, ela sempre controlava a situação e conseguia tudo o que ela queria, mas que com esta pessoa, ela acaba ficando nervosa e as coisas fogem do seu controle. Basicamente, ela diz que realmente tem medo de se apaixonar e então prefere subir as paredes e se defender do que pode acontecer, para não se machucar.

You make me glow
But I cover up, won’t let it show
So I’m putting my defenses up
Cause I don’t wanna fall in love
If I ever did that
I think I’d have a heart attack

Querendo ou não, eu acho que estou passando por isso também… É normal que depois de uma grande decepção amorosa, a gente queira se proteger e evitar que tudo aconteça de novo, néam? Concordo que o risco é de 50%, mas às vezes é preciso tomar um tempo para colocar os pensamentos no lugar. Eu estou nesse tempo… Já superei meus sentimentos do passado, mas ainda estou com medo de voltar a me arriscar. Estou vivendo um momento legal na minha vida agora e, apesar de sentir falta de ter alguém por perto, não sei se estou preparada para embarcar na montanha-russa de novo. Mas aí coisas mexem com a gente, de um jeito que não eram pra mexer…

Never break a sweat for the other guys
When you come around, I get paralyzed
And everytime I try to be myself
It comes out wrong like a cry for help
It’s just not fair
Pain’s more trouble than love is worth
I gasp for air
It feels so good, but you know it hurts

Não estou dizendo que esta música se encaixa em uma situação específica do que eu estou vivendo, mas sim que vários pedaços de várias situações podem ser resumidas dessa forma. Todo mundo está fazendo torcida para que eu encontre uma pessoa bacana para mim, mas ainda não sei se está na hora… A não ser quando a pessoa certa aparecer e me fizer mudar de ideia. Sei que até lá, vou me interessar por algumas pessoas (by the way, esta fase já está em andamento), mas vou ficar com as rédeas na mão para não deixar a história virar maionese. É difícil não ter certeza do que fazer, mas eu não quero deixar acontecer nada, para depois me ver de cara no chão de novo…

The feelings got lost in my lungs
They’re burning, I’d rather be numb
And there’s no one else to blame
So scared I take off and run
I’m flying too close to the sun
And I burst into flames

Ou seja, tudo ao seu tempo. Pela primeira vez na vida, não estou me jogando de cabeça nos meus sentimentos. E acho que estou fazendo certo… Tenho que ser mais cuidadosa, pensar cada atitude e avaliar a situação antes de me jogar dentro dela. Se for pra acontecer, vai acontecer e não vai ser minha precaução que vai impedir qualquer coisa. Então eu estou tranquila… Vou deixar as coisas acontecendo, enquanto eu ainda só espio por cima do meu paredão. Enquanto eu ainda não tiver certeza de que eu posso parar de correr (isso me lembra aquela cena fofa de Dawson’s Creek), é assim que vai ser… Defenses up! Cover up, won’t let it show!

Enfim… Estou viciada nessa música! Já estou com a letra quase toda decorada, de tanto que ouvi nos últimos dias. Esse vai ser o primeiro single do quarto álbum de estúdio da cantora americana, ainda sem nome e sem previsão de lançamento. Enquanto isso, vou ouvindo esta até enjoar, o que eu não acredito que vai acontecer tão cedo!

Gostou deste post?
(0)
Comente Este Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 comentários em "“Heart Attack”, ou quase isso…"
  • Essa música é muito boa, ouço muito também, está já nas preferidas do meu celular!
    Demi arrasa sempre, cada CD uma novidade gostosa, de modo que cada um deles mesmo com suas diferenças, me conquistaram de maneira tamanha!
    Espero que este medo de se entregar (sentimentalmente falando) seja só para as pessoas erradas, e que a pessoa certa saiba quebrar esta barreira!
    Abraços e muito sucesso no amor, ouvindo Demi sempre!

  • Se eu não estou enganado, a música vazou de madrugada aqui no Brasil e eu só fiquei sabendo logo pela manhã quando abri meu Facebook e vi um post da Demi. A música é realmente boa, bem diferente de algumas outras músicas delas. Achei bem elétrica mesmo!

    É impossível abusar as músicas da Demi… :-)

    Bjs!

    P.s.: Faço parte da torcida p/ que encontre algo especial. Não precisa ser agora, mas se for, melhor ainda. Tempo ao tempo é necessário.

  • Sou suspeita para falar, nunca me apaixonei, só posso te deseja q no dia que você tiver um relacionamento sério, que seja com a pessoa certa.

    Não tinha ouvido falar dessa música ainda, gostei da música dela, acho q vou acabar gostando do álbum inteiro dela, se eu escutar tudo kkkk’