10 de agosto de 2009

Blink-182 F*cking Concert!

Tá bom, eu admito! Eu não me lembro quando foi a última vez que eu escutei um CD do Blink-182 (como eu costumava fazer cerca de 6 ou 7 anos atrás) e eu não tenho acompanhado a carreira banda desde então (com exceção do acidente do Travis e do Família MTV com o próprio, que era muito engraçado!), mas Blink é Blink e vai ser Blink pra sempre!

Acordei às 6 da manhã madrugada para ir trabalhar na Second Cup. O dia começou cedo. Trabalhei das 7 às 3 da tarde e voltei pra casa pra me preparar para o show. Dei uma olhada nos meus e-mails e depois fui tomar banho. No final das contas, o Gui não pode ir ao show comigo, então fui sozinha. Nada de mais, beleza! Coloquei minha calça jeans nova da Levi’s e meu All Star novo preto, uma blusinha e me fui…

Saí de casa com antecedência, mas deu um problema com o streetcar (o vulgo “bondinho”) e eu tive que ir o restante do percurso a pé… NA CHUVA! Maldita chuva. Parece praga. Todo sábado ou dia de show que eu tenho pra ir, chove. Choveu no Switchfoot, na Katy Perry e agora no Blink-182. Respira, respira… Paciência! :angry:

Cheguei lá (quase) ensopada e o primeiro show já tinha começado. Mas como eu nem conhecia a banda, não dei bola. O segundo show de abertura (por que lá no Brasil sempre só tem um?) foi o Fall Out Boy. Wow, man! That was awesome! Não sou fã de carteirinha, só conheço as músicas mais famosas mesmo, mas estas eu adoro de paixão! O show tava ótimo! Tirei algumas fotos e fiz alguns vídeos. E o Pete Wentz tava fofo. :love: Apesar de ele não ser o vocalista e o “carinha principal” da banda, no intervalo entre as músicas era ele quem assumia o microfone, fazendo todas as intros necessárias. Muito fofo, mas… Me deu uma vontade de pegar um pente e pentear a parte de trás do cabelo dele pra baixo. Que coisa estranha agonia aquilo…

Por volta das 10 horas da noite o pano preto que escondia o palco caiu e o Blink-182 estava de prontidão para começar o show. No palco apenas Tom, Mark e Travis, o que foi suficiente pra botar a multidão que lotou o Molson Amphitheatre pra cantar, pular e gritar. Entre as músicas que eu conhecia, eles tocaram “Feeling This”, “What’s My Age Again”, “I Miss You”, “Stay Together For The Kids”, “Down”, “Always”, “First Date”, “Man Overboard”, “Adam’s Song”, “Josie”, “All The Small Things”, “The Rock Show”, “Going Away To College” e pode ser que eu esteja esquecendo de mais alguma. Foi phoda! E um pouco antes de terminar o show, o Travis entrou no palco sozinho pra fazer o seu solo de bateria. Ignorante o cara! Fui embora do show completamente molhada, mas feliz… Valeu a pena todos os centavos! Meu irmão teria gostado de ter assistido este comigo…

Nada a ver com o assunto, mas eu preciso comentar isso… Estava eu linda e bela atendendo uma cliente lá na cafeteria e de repente ela vira para um dos filhos dela e fala: “Evan, stop it!”. Imediatamente eu virei para olhar o menino, não porque eu queria ver quem era (claro que não era o meu Evan Taubenfeld), mas porque este nome não sai da minha cabeça… Será que toda vez que eu ouvir este nome vou precisar olhar que Evan é? :laugh: Vou ter que colocar este nome em um dos meus filhos… Hehe! Tô brincando. Meu namorado nunca permitiria isso… Whatever!

Gostou deste post?
(0)
Comente Este Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *