4 de dezembro de 2014

A música que inspirou, embalou e resumiu o meu ano de 2014…

Este post está cerca de 12 meses atrasado, mas acho que não teria um momento melhor para falar sobre a música que, logo no comecinho de janeiro, me fez acreditar que 2014 seria um ano maravilhoso para mim. Já contei para vocês sobre o meu vício em All Time Low desde o final do ano passado, né? Pois bem. Desde então, “Weightless” virou a minha trilha sonora particular, porque ela tinha a energia que eu precisava para fazer as coisas darem certo… Com um pouco de indignação, pitadas de rebeldia e um punhado de força de vontade, eu pude para inventar dias melhores, buscar momentos mais significativos e fazer todo o esforço valer a pena. E valeu! Sem dúvidas, este foi o melhor ano dos últimos anos…

A verdade é que 2011 foi um ano péssimo para mim, desses de chorar agachado no cantinho. Em seguida, veio um 2012 bem ruim, mas não tanto quanto o ano anterior… Meu 2013 foi um marasmo desgraçado, não teve nada de bom, mas pelo menos também não teve nada de muito ruim. Só que depois dessa trilogia de desgraça, eu já não aguentava mais aquela sensação de estar estagnada em um lugar em que eu me sentia mal o tempo inteiro. Era muito negativismo, azar e situações desagradáveis para uma pessoa. Eu estava de saco cheio, perdida e não sabia nem por onde começar…

E então veio “Weightless”. A música explicava exatamente como eu estava me sentindo e me mostrou exatamente o que eu queria: me sentir leve, aproveitar a vida da melhor forma possível e ver as coisas acontecendo da maneira certa. Apostei todas as minhas fichas nesse objetivo e prometi que 2014 seria diferente. E mais importante do que isso, eu acreditei.

Comecei o ano com uma sensação muito boa, de que nada daria errado para mim. Na verdade, foi muito mais do que isso, eu comecei o ano preparada. Eu sabia que as coisas não iam mudar da noite para o dia, mas eu tinha certeza de que eu podia mudá-las aos poucos. Eu me preparei para enfrentar o que viesse e para fazer o melhor possível. Me preparei também para entender e aceitar que nem tudo ia dar certo, porque imprevistos acontecem. A diferença é que eu já tinha decidido que não ia deixar nada disso me abalar. Eu estava preparada para coisas boas, coisas ruins, surpresas, decepções, notícias inesperadas e qualquer coisa que mandassem em minha direção. E meu ano foi exatamente assim…

WEIGHTLESS
All Time Low

Manage me, I’m a mess
Turn a page, I’m a book half unread
I wanna be laughed at, laughed with, just because
I wanna feel weightless and that should be enough

But I’m stuck in this fucking rut
Waiting on a second hand pick-me-up
And I’m over getting older
If I could just find the time
Then I would never let another day go by
I’m over getting old

Maybe it’s not my weekend, but it’s gonna be my year
I’m so sick of watching while the minutes pass as I go nowhere
And this is my reaction to everything I fear
‘Cause I’ve been going crazy
I don’t wanna waste another minute here

Make believe that I impress
That every word, by design, turns a head
I wanna feel reckless, wanna live it up, just because
I wanna feel weightless, ‘cause that would be enough

If I could just find the time
Then I would never let another day go by
I’m over getting old

Maybe it’s not my weekend, but it’s gonna be my year
I’m so sick of watching while the minutes pass as I go nowhere
And this is my reaction to everything I fear
‘Cause I’ve been going crazy
I don’t wanna waste another minute here

This could be all I’ve waited for
This could be everything I don’t wanna dream anymore

Maybe it’s not my weekend
But it’s gonna be my year
And I’ve been going crazy
I’m stuck in here

Maybe it’s not my weekend, but it’s gonna be my year
I’m so sick of watching while the minutes pass as I go nowhere
This is my reaction to everything I fear
‘Cause I’ve been going crazy
I don’t wanna waste another minute here

E 2014 foi mudando, bastante. A energia ruim começou a ir embora e, quando eu fiz as pazes comigo mesma (pois a culpa não era minha), eu enxerguei um novo mundo de possibilidades. Boas oportunidades começaram a aparecer e tudo foi se ajeitando devagarinho. De vez em quando algo saía dos trilhos, mas com paciência e muito otimismo, eu não deixei a peteca cair nenhuma vez. Claro, em alguns momentos eu ainda me sinto com raiva ou triste, tenho crises de ansiedade e fico de saco cheio do mundo, mas ninguém é de ferro, certo?

Dois mil e quatorze foi o ano em que eu coloquei os meus pensamentos no lugar e acertei todos os ponteiros da minha vida. Estou leve, de bem comigo mesma, tranquila em relação a onde estou e satisfeita com as pessoas que estão ao meu lado. Estou cheia de planos e sei que vou conseguir realizar cada um deles. Incrível como simplesmente mudar o jeito como você pensa pode mudar um mundo inteiro. Quando você coloca na cabeça que vai chegar no seu objetivo e foca nisso, você chega. Basta querer e estar aberto para aceitar as eventualidades que vem junto com ele. Mas tudo vale a pena… Sempre vale.

Tchau, 2014! Olá, 2015!

O ano não poderia estar terminando de uma forma melhor… Estou feliz no meu novo emprego, em uma empresa que eu realmente gosto e me identifico; conheci novas pessoas e encontrei novos amigos; terminei o segundo semestre da minha pós-graduação e aprendi muitas coisas que eu não sabia; consegui me organizar para voltar a postar no blog com frequência; viajei para os Estados Unidos sozinha e me apaixonei (ainda mais) por Boston e NYC; finalmente, me mudei para o meu apartamento; amadureci bastante e estou sendo mais sensata comigo mesma. E o mais importante: estou preparadíssima para 2015, que pode vir com tudo, pois tenho certeza que será ainda melhor do que este ano.

Gostou deste post?
(0)
Comente Este Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 comentários em "A música que inspirou, embalou e resumiu o meu ano de 2014…"
  • Oi, Fe! Nossa, eu A-M-O all time low – fiquei muito chateada que quando eles vieram pra cá não rolou de ir no show! Weightless tem uma letra sensacional mesmo :D
    Eu gosto muito também de duas outras músicas desse CD: Stella (que tem uma pegada divertidona) e Therapy (que tem uma vibe mais de reflexão e tal).

    Beijocas

  • É tão bom ler um post super alto astral como esse! Já li por ai que o mundo é um espelho e o que somos reflete nele. Se somos negativos, só teremos a nossa frente um mundo bem sombrio. Por outro lado, se formos positivos (como vc tem sido), o mundo pode se mostrar o melhor possível.
    Que vc continue com essa vibração boa e que 2015 seja um ano ainda melhor que 2014.
    Bjus e carinhos, fica com Deus! :)

  • Que bom que você teve um bom ano. O meu foi cheio de altos e baixos, mas a vida é assim. Não conhecia essa música, mas ouvi agora e gostei muito. E a letra é bem o que eu preciso ter em mente pra 2015.
    Que seu ano seja tão bom quanto esse que tá acabando.
    ;*

  • ai chama 2015 por favor pq pra mim 2014 ja deu o que tinha que dar…
    nao aguento mais :(

    a musica eh boa, eu nao conhecia! vou add a minha playlist!

    saudaaades sua linda
    beeeijos

  • 2014 realmente foi um bom ano. Mas acredito que todo ano pode ser bom ou ruim, dependendo da nossa perspectiva. E depois de um 2013 difícil – mas que eu realizei um sonho enorme – decidi que não dá em nada ficar se prendendo as coisas ruins que acontecem, especialmente as que nós não temos controle.
    Que 2015 seja incrível!

  • Oioioioi.

    Quando eu estava fazendo milhares de planos e correndo atrás de algumas coisas, ATL sempre estava presente. Nos momentos alegres, tristes… Sempre! Incrível esse poder das músicas deles…

    “Weightless” não é a minha preferida, mas é uma delas. (Minha preferida é “Thanks To You” e você sabe por quê…) Sempre quando toca parte “maybe it’s not my weekend, but it’s gonna be my year” eu começo a cantar e também a acreditar que todos os meus planos e desejos um dia se realizarão. O mesmo deve acontecer contigo, né?!

    Espero que o próximo ano seja ótimo pra ti e tu conquiste tudo o que deseja. Com paciência, fé e determinação a gente sempre consegue. :)

    Bjs!