23 de julho de 2013

A melhor banda do mundo…

Sim, estou falando de Hanson. Mas é claro, isso apenas na minha opinião. Desde 1997, o Hanson é a minha banda favorita e eu acho que vai continuar sendo para sempre. Cresci ouvindo as músicas deles e meu amor por estes três irmãos só aumenta a cada dia, mesmo que eles não estejam mais tão presentes na mídia como antigamente — pelo fato de serem uma banda independente agora. Acho que o carinho pelo trio e a identificação com as músicas me tornaram uma fã por tempo infinito, não importando se eu tenho 16 anos ou 28. É amor que não acaba mais.

Para quem não sabe, o Hanson veio para o Brasil novamente, para a turnê mundial do seu novo álbum, “Anthem”. Com shows marcados apenas em São Paulo e Rio de Janeiro, eu optei vir para a cidade da garoa (de novo), só para poder vê-los ao vivo mais uma vez. Este é o quarto show da banda que eu vou (dois em Porto Alegre e um no Rio de Janeiro) e espero continuar contando outros por muito e muito tempo. Em Sampa, o show aconteceu este domingo (21 de julho), no Credicard Hall e foi phoda demais! :stress:

Hanson

É difícil explicar o que você sente quando escuta ao vivo aquelas vozes que tocaram tanto no seu rádio e ver de perto os rostos que, por muitos anos, foram pôsteres na parede do seu quarto. Impossível descrever a euforia que percorre seu corpo quando você percebe os primeiros acordes da sua música favorita, que está prestes a ser tocada. Assistir sua banda favorita ao vivo é conhecer todas as músicas do setlist e vibrar com cada uma delas, é cantar alto todas as letras e aplaudir com força ao final de cada canção, é não conseguir fazer mais nada além de olhar para o palco com uma cara de babaca e suspirar pateticamente toda a alegria que está sentindo. E daí você fecha os olhos por alguns segundos e fala para si mesmo que, sim, aquilo está mesmo acontecendo.

Eu sei que Hanson não é mais uma banda popular e todo mundo acha que ela nem existe mais — as pessoas acham engraçado quando eu digo que ainda gosto deles e perguntam se eles continuam fazendo músicas novas — mas daí você está no show deles e percebe que nada disso importa. Não interessa se é o Hanson ou se é a banda do bairro, são pessoas que você admira e que escrevem músicas que te fazem bem, que tem um significado especial na sua vida, e estar ali perto deles, vendo eles tocarem, faz você sentir uma das melhores sensações do mundo.

Geralmente, eu faço um resumão sobre o show e coloco o setlist e o links para os vídeos que eu filmei, mas hoje vou fazer diferente… Não quero encher vocês com informações que só fazem sentido na minha cabeça. Dessa vez eu só quero deixar registrado aqui o meu amor por eles e a minha felicidade por ter ido em mais um concerto da banda. Nada melhor para deixar você feliz do que viver momentos assim: simples, mas que fazem toda a diferença. Valeu pelo meu ano inteiro e serviu para me lembrar de que muita coisa pode me fazer sorrir sem muito esforço… Como, por exemplo, ouvir o Taylor cantando a minha música favorita do último álbum ou ver o Zac cantando “Juliet” no piano. Me emocionei muito e lembrei que não sei viver sem música… E não sei viver sem Hanson.

Tay, no piano, tocando "Lost Without You"...
Tay, no piano, tocando “Lost Without You”…

Tenho certeza de que todos que são apaixonados por uma banda ou um artista em particular vão entender o sentimento compartilhado. Porque acho que é isso que vale de verdade: você se sentir bem e realizado por aquelas 2h de músicas corridas, sem lembrar de todos os seus problemas… O que eu tenho a dizer é que é praticamente impossível descrever o que se sente em momentos como este. Música é vida, é alegria, é energia.

Que eles voltem sempre para o Brasil, o quanto antes… Que eles continuem sendo ídolos tão especiais e queridos, que continuem fazendo música e nos encantando com seu talento. E eu vou continuar acompanhando a trajetória deles, por todos os anos que vierem… Amo demais, para sempre. Meu dia 21 de julho de 2013 foi inesquecível.

Gostou deste post?
(0)
Comente Este Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 comentários em "A melhor banda do mundo…"
  • Own, tenho uma amiga que é mega fã tbm. conseguiu um CD autografado e tudo o mais, coisa fina. hahaha.

    Eu já tinha visto algumas fotos desse show pela internet, mas sempre achava que o nome da banda era Anthem e o nome do vocalista é que era Hanson, mas graças a você agora tudo foi explicado. haahahaha xD

  • Nunca fui muito fã dos Hansom, gostava das músicas sucesso e só! Mas imagino a sua emoção em poder assistir um novo show da banda depois de tantos anos… é mais do que foi para mim voltar a um show dos BSB! ;)
    Beijos grandes

  • Super me identifiquei com o 3º parágrafo do post. Super resumiu a sensação que eu tive quando fui pro show do Simple Plan ano passado aqui em Teresina. Principalmente pelo fato de que é raro ter show internacional aqui em Teresina e mais raro ainda ser de uma banda que eu gosto muito!
    Eu nunca fui fãããã de Hanson, mas tenho umas 2 músicas no meu pc que eu ouço sempre.
    Que bom que você aproveitou muito; Eu não tenho essa coragem de ir pra outra cidade assistir ao show.
    ;*

  • Que legal, Fê! Sabe que fiquei pensando agora, não tenho uma banda preferida assim… mas deve ser muito bom, ainda mais quando tu acompanha há tanto tempo né? Deve ser bem legal!

    Ps: Adivinha quem mudou de blog, de novo? hehehe
    Beijos

  • Acho muito bacana quando alguém se identifica com uma banda e é eterno fã. Eu queria ser assim com algum, mas quase não ouço música. Normalmente fico ouvindo as mais populares.

    Beijoos!