17 de janeiro de 2015

8 sinais de que está na hora de trocar de emprego

De nada adianta ter sua vida pessoal muito bem estruturada e cheia de coisas boas, se sua vida profissional vai de mal a pior… Quem trabalha fora, passa cerca de 9h por dia em sua empresa, tendo que conviver com pessoas, regras e hábitos que podem não ser ideais para si. Nos últimos meses, tenho dado bastante importância à minha carreira e cheguei à conclusão de que não vale a pena se manter em um emprego apenas por dinheiro ou estabilidade. Antes de mais nada, é preciso ter qualidade de vida, estar em um local que te faça bem e que te impulsione a ser um melhor profissional, adquirindo experiência e atingindo objetivos pessoais.

Para conseguir manter um equilíbrio entre sua vida pessoal e profissional, é preciso olhar com bastante atenção para alguns detalhes. Seja sincero e analise se você está realmente feliz com o seu emprego, se você se identifica com a sua empresa, se você gosta do que faz e se acha que é o melhor para a sua carreira e seu futuro estar onde está. Não tenha medo de mudanças ou de largar um emprego antigo (e que te aborrece) para correr atrás do emprego dos seus sonhos, em alguma empresa que te complete — e não uma que sugue todas as suas energias.

Cansado do seu emprego?

Levando tudo isso em consideração, elaborei uma lista com 8 simples sinais de que, talvez, esteja na hora de atualizar o seu currículo e buscar uma nova vaga no mercado. Cada caso é um caso, mas é importante avaliar se essa medida não é realmente necessária para você. Seja um pouco egoísta e pense no que é melhor para a sua carreira: ficar em um emprego insuportável, que te dá estabilidade, ou fazer parte de uma organização que te realiza profissionalmente?

1) Você não gosta (mais) do que faz

Muitas vezes, o trabalho pode se tornar repetitivo e bastante monótono. Essa rotina do dia a dia acaba sendo entediante e, em alguns casos, até desmotivante… Mas pior do que isso, é ter que fazer todo dia algo que você detesta. Embora esta não seja uma razão suficiente para largar seu emprego (ou talvez seja sim), ela pode pesar bastante se outros detalhes também não vão muito bem em sua empresa. Independente do motivo, não se acomode fazendo o que você não gosta. Busque uma profissão que te permita realizar atividades com paixão e que façam o seu esforço valer a pena no final do dia. Mesmo trabalhando e se empenhando em dobro, fará mais sentido dedicar grande parte do seu dia fazendo algo que você aprecia e te faz bem.

2) Você não se sente bem no ambiente de trabalho

Mas pode ser que não sejam as atividades do dia a dia que te incomodem… É o local de trabalho em si. Nada te agrada naquele lugar e você só enxerga motivos para se irritar, perder a paciência e pessoas que não te acrescentam nada. Resumindo, o ambiente de trabalho te faz mal. Então o que você ainda está fazendo lá? Se você acorda todo dia de manhã e não tem vontade alguma de ir trabalhar, é porque você está no lugar errado. Desejar que o dia passe rápido não é uma solução… Você precisa encontrar um local que te proporcione bem-estar e que esteja de acordo com a sua personalidade. Apenas se sentindo bem de verdade é que você conseguirá realizar o seu trabalho devidamente.

Objetivos diferentes?

3) Seus valores e objetivos não coincidem com os da empresa

Por mais que você goste do que faz e das pessoas com quem você trabalha, se os seus objetivos e valores não estiverem sincronizados com os da empresa, será difícil colher resultados positivos onde trabalha. Você enxerga um horizonte, a empresa busca outro. É provável que essa parceria não dê certo. Ambos precisam acreditar nas mesmas coisas e buscar atingir as mesmas metas. Se vocês estão indo para lugares bem diferentes, talvez seja melhor desembarcar e seguir o seu próprio caminho. Quanto mais você demorar para descer, mais tempo levará para chegar ao seu destino e maior será a distância que terá que percorrer. Certifique-se de que você está alinhado com as ideias da empresa primeiro, antes de investir em sua carreira ali. Com certeza, fará mais sentido caminhar lado a lado com alguém que almeja os mesmos objetivos.

4) Você não se sente valorizado dentro da equipe

Mesmo quebrando a cabeça para fazer um ótimo trabalho, você raramente é reconhecido pelo seu esforço e dedicação. Além disso, não existe qualquer tipo de motivação por parte dos seus superiores, chefes ou líderes e você não sente que está sendo financeiramente recompensado pelo seu excelente trabalho. Soa familiar? Então se mexa! Não se contente em trabalhar em um local onde o que você pensa não tem valor e você é visto apenas como uma peça no tabuleiro. Talvez essas pessoas não enxerguem o seu potencial (ou tenham medo dele), mas uma equipe deve trabalhar em conjunto, somando ideias e propondo melhores soluções. Se você deseja se sentir mais envolvido com a equipe e nas decisões do projeto, provavelmente é o momento de encontrar uma nova equipe para compartilhar suas experiências e opiniões.

5) Você não sente orgulho de dizer onde trabalha

Este fator pode ser bastante crítico para a sua carreira, porque ao mesmo tempo em que você não se importa com sua empresa, você provavelmente não está dando o seu melhor nas tarefas que está realizando. E, neste caso, a única pessoa que está perdendo é você. Quando a gente se sente parte de algo, geralmente se dedica e trabalha com mais empenho, porque acredita que o sucesso do todo é o nosso sucesso também. Quando isso não acontece, nossa vontade de fazer algo bem feito é quase inexistente, porque nos sentimos desmotivados a maior parte do tempo. Se você trabalha em um lugar que realmente admira, você terá vontade de crescer e mostrar o seu trabalho aos quatro cantos do mundo. Portanto, não deixe que isso atrapalhe o seu sucesso profissional. Encontre uma empresa da qual se orgulhe em trabalhar e vista a camisa.

Deseja mudar de carreira?

6) Você gostaria de mudar sua área de atuação

Quando isso ocorre, não há muito o que fazer. Você descobre um novo mundo de possibilidades e não quer mais continuar fazendo o que estava fazendo até então… Tudo bem, acontece. Neste caso, é bastante óbvio que continuar onde você está não é uma solução, certo? Se você gosta de onde trabalha, tentar negociar uma nova vaga no setor desejado pode ser o plano perfeito. Mas se isso não for possível (ou extremamente demorado e complicado), é mais simples buscar uma realocação no mercado e encontrar uma vaga que esteja dentro do seu novo objetivo. Não tenha medo de começar de novo; mudanças são sempre bem-vindas e, geralmente, trazem uma nova energia para nossas vidas. Procure outra vaga, outra empresa e seja feliz.

7) Você não sente que está mais aprendendo ou ganhando experiência

Chega uma hora em que você realmente parece não estar mais absorvendo nada. Quando isso acontece, é sinal de que precisamos de novas experiências e aprendizados. Em momentos como este, devemos nos permitir explorar novas oportunidades, para expandir nossos conhecimentos e continuar seguindo em frente. Ficar estagnado não agrega valor ao seu trabalho, portanto não considere isso uma opção. Se você nota que algo está te impedindo de crescer, não se acomode. Seja ousado, mude a sua rotina. Trocar de trabalho e respirar novos ares pode ser o que você precisa para recuperar o ânimo e voltar a aprender ainda mais…

8) Você não se identifica com ninguém dentro da empresa

E então você descobre que trabalha com pessoas que tem perfis completamente diferentes do seu e, na maior parte do tempo, você se sente deslocado. O cenário pode ser bem estranho em alguns casos. As pessoas não conversam umas com as outras, não existe colaboração entre os colegas no trabalho, você escuta fofoca pelos corredores, seus superiores não comunicam com clareza as metas da empresa e dos projetos… Tudo isso acaba impactando no seu desempenho, obviamente. Você se sente mal em estar com aquele grupo de pessoas. O que você precisa fazer é encontrar uma empresa que tenha um perfil mais semelhante ao seu e, consequentemente, as pessoas que estarão lá combinarão mais com você também. Se já é difícil trabalhar com quem pensa como você, imagine trabalhar com pessoas que fazem você se sentir um alien.

Keep calm and atualiza o currículo

Identificou-se com algum item? Ou vários deles? Você não precisa trocar de emprego porque se identificou com dois ou três itens, necessariamente. No entanto, o fato de você ter concordado com alguns deles significa que você anda bastante insatisfeito e desmotivado em relação ao seu trabalho. Se este for mesmo o caso, está na hora de repensar se é isso o que você quer para a sua vida… Não vale a pena se sentir desconfortável onde você passa maior parte do seu dia, então reflita se você precisa realmente passar por isso.

Seja qual for o motivo, não tenha medo de quebrar as regras e buscar algo que te faça melhor… Se você não pode ficar sem emprego e salário por alguns meses (afinal, todos temos contas para pagar), espere até encontrar uma nova oportunidade antes de pedir demissão. Mas de qualquer forma, mãos à obra. Atualize seu currículo, procure ofertas de trabalho, escolha empresas que encaixem melhor com o seu perfil e boa sorte. Certamente, em algum momento, algo bacana vai surgir e você poderá dar adeus ao velho emprego, que já vai tarde, diga-se de passagem.

Arrume suas coisas e troque de emprego...

No entanto, se você não tem mais ânimo nem para sair de casa e ir trabalhar, talvez você deva antecipar a visita à salinha de RH… Continuar infeliz com o emprego e adiar a sua saída de lá só tornará as coisas ainda piores… Então dê a volta por cima e encontre um emprego que te traga sorrisos ao rosto. Lembre-se que este tempo não volta e que só depende de você encontrar algo melhor. Então não perca tempo!

Gostou deste post?
(0)
Comente Este Post

Deixe uma resposta para Si Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 comentários em "8 sinais de que está na hora de trocar de emprego"